Websérie conta a história da abertura da Avenida Paulista aos pedestres e ciclistas - São Paulo São

Um ano de gravação e entrevistas com diversas  partes envolvidas e interessadas. Imagem / Smarty.Um ano de gravação e entrevistas com diversas partes envolvidas e interessadas. Imagem / Smarty.

A Paulista Aberta é hoje um sucesso na cidade de São Paulo, mas poucos paulistanos conhecem a história e os conflitos por trás da iniciativa. Para registrar esse momento histórico para a mobilidade urbana, a agência de vídeo marketing Smarty, em parceria com a  ONG SampaPé!, lança o webdocumentário Carros ou Pessoas? A Paulista Aberta e Uma Nova Visão de Cidade. São 44 minutos, divididos em cinco episódios: O Império dos Motorizados, Como a Paulista Foi Aberta Para As Pessoas, O Papel do Governo, Moradores São Donos Da Rua? e Convivência.


A ideia surgiu quando Diego Monteiro, fundador da agência de vídeo marketing Smarty e diretor dos vídeos, descobriu que a Paulista Aberta foi resultado de mobilização dos cidadãos. Foi um ano de gravação e entrevistas com diversas  partes envolvidas e interessadas: desde quem elaborou a abertura à moradores da região, frequentadores e artistas que se apresentam na Paulista Aberta. Para além do que foi documentado pela imprensa no segundo semestre de 2015, quando o Ministério Público tentou impedir a Prefeitura de abrir a avenida aos domingos, a série traz entrevistas que expõem os conflitos entre grupos que se opõem e apoiam a medida e com o próprio poder público.

São 44 minutos, divididos em cinco episódios: O Império dos Motorizados, Como a Paulista Foi Aberta Para As Pessoas, O Papel do Governo, Moradores São Donos Da Rua? e Convivência. Imagem / Smarty.São 44 minutos, divididos em cinco episódios: O Império dos Motorizados, Como a Paulista Foi Aberta Para As Pessoas, O Papel do Governo, Moradores São Donos Da Rua? e Convivência. Imagem / Smarty.

Com direção e concepção de Diego em parceria com Letícia Sabino e Ana Carolina Nunes da ONG SampaPé!, e com edição de Pedro Fávero, a websérie pode ser assistida no canal da Smarty no Youtube. "Pretendo que as pessoas repensem as prioridades da cidade para se locomover mais a pé e também, percebam que têm o poder de se mobilizar para melhorar e se apropriar mais do espaço público", explica Diego.

Assista à websérie completa aqui

***

Fonte: Arch Daily.