Colunistas - São Paulo São

São Paulo São Colunistas

Tem razão a querida amiga Nina Horta quando escreve:“agora, depois que passou a moda das máquinas novas, aquelas que nunca cabiam nas nossas cozinhas passamos para a idolatria do ingrediente. Li nessa semana mesmo (…) coisas desse chef americano tão orgânico e obsessivo, que colhe um tomate e sai correndo com ele com as duas mãos protegendo como se fosse um bebezinho recém-nascido. Me poupem, estamos exagerando”. Todo assunto muito malhado enche; a gente lê, e come, à busca de novidades capazes de nos alegrar.

Um exercício recorrente em nosso tempo de criança era imaginar o que os meninos superprotegidos, criados em apartamentos e com a vida pautada pelas festas do salão do condomínio, fariam se fossem jogados de paraquedas no centro de uma cidade conflituosa como, digamos, São Paulo. A resposta de um tempo para cá poderia ser: os piás criados em prédio um dia viram prefeitos.

Fazer um documentário de um grupo de jovens que ficou acampado dois meses para garantir os melhores lugares na Pista Premium do show da Beyoncé foi mais do que uma excelente ideia do casal de diretores Paulo Cesar Toledo e Abigail Spindel.