Colunistas - São Paulo São

São Paulo São Colunistas

Tinha raiz enorme, que revelava a idade da jabuticabeira. Estava aguardando o farol da Rua Alemanha com Avenida Europa abrir quando a vi no caminhão estacionado na esquina. Pensei rápido: “De onde vem? Quem pode comprar? Por quanto vendem?” Parei em frente do carregamento atípico para uma cidade de cimento, como São Paulo. Logo perguntei:

Man Ray, masque 'Optic Topic', 1974  Or. Édition 79/100 par Gem Montebello. Collection Diane Venet  Photo: Didier Ltd, London © MAN RAY TRUST • Adagp, Paris 2018Man Ray, masque 'Optic Topic', 1974 Or. Édition 79/100 par Gem Montebello. Collection Diane Venet Photo: Didier Ltd, London © MAN RAY TRUST • Adagp, Paris 2018

A ourivesaria esteve intimamente ligada a outras formas de expressão visual desde a pré-História. Diversas culturas, ao longo de séculos, representaram seus deuses, valores, hábitos e modos de vida por meio de pinturas, esculturas, vestimentas ou adornos – linguagens igualmente legítimas, reconhecidas e valorizadas. A partir do Renascimento, no entanto, essas atividades começaram a se diferenciar, com pintores e escultores passando a ser considerados artistas, e ourives, simplesmente artesãos.

Assisti recentemente o vídeo clipe em homenagem à eterna Dona Ivone Lara ((Yvonne Lara da Costa). Sentada no centro no palco ela brilha espetacular, cantando “Sonho Meu”, um de seus maiores (se não o maior) sucessos, acompanhada por dezenas de intérpretes, como Zeca Pagodinho, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Martinho da Vila, Vanessa da Mata, dentre outros artistas de grande valor da MPB.

Quem buscar por Viriato na internet vai aprender muito sobre a construção de Portugal e conhecer um pouco da vida deste importante personagem que ajudou a definir o país como conhecemos hoje. Agora, mais de dois mil anos depois de ter entrado para a história, Viriato volta a revolucionar.

A partir de 2019, Viseu, importante cidade do centro de Portugal, onde alguns historiadores acreditam ter sido o local de nascimento do bravo guerreiro, vai ganhar o primeiro transporte público elétrico não tripulado, algo como um pequeno “bonde” e que foi batizado de... Viriato.