Cerejeira: beleza, amor e paz - São Paulo São


No último domingo participei da “1ª Festa da Cerejeira – o florescer do ser humano”, no Centro Cultural Campestre da (Associação Brasil Soka Gakkai Internacional), que aconteceu no final de semana.

Mais do que apreciar a beleza dessa flor, conhecida no Japão como “Sakura”, que tem suas qualidades associadas à beleza, ao amor e a paz, tive a oportunidade de acompanhar dezenas de atividades culturais e artísticas, e desfrutar de um ambiente de Mata Atlântica que permitiu uma convivência harmoniosa entre cerca de 10 mil pessoas presentes nos dois dias, e a natureza.

Com uma programação diversificada, ocorreram, entre outras, oficinas de Haicai, de brinquedos, de confecção de balões de sabão; caminhadas para desenhar cerejeiras e silenciosas; cortejos musicais; rodas de conversas, palestras, painéis; orientações profissionais; eco-trilha e vivência ambiental, além de apresentações de corais, de grupos de samba, de ginástica montada, e de Daiko - percussão japonesa.

Com participantes vindos de distintas regiões, foi delicioso vivenciar as riquezas da diversidade humana tão presente no Brasil, em um local preservado e estruturado para ser um território que integra vida e ambiente.

O planeta Terra é a nossa casa e cada um de nós tem a responsabilidade de cuidar dele todos os dias, a partir das decisões que tomamos a cada instante, das escolhas que fazemos, e dos movimentos que nos levam a agir da maneira certa em direção à construção de uma convivência digna e pacífica entre todos os seres vivos. Por aqui, fico. Até a próxima.

***
Leno F. Silva é diretor da LENOorb - Negócios para um mundo em transformação e conselheiro do Museu Afro Brasil. Editou 60 Impressões da Terça, 2003, Editora Porto Calendário e 93 Impressões da Terça, 2005, Editora Peirópolis, livros de crônicas.