Sobre o perdão e a capacidade de energização - São Paulo São

_ Bom dia, tudo bem?

_ Bom dia, tudo mais ou menos né?

_ O que houve?

_ Ai tô de saco cheio!

_ Mas, o que aconteceu?

_ Cansei dessa gente feliz.

_ Como assim?

_ Cansei. Todos felizes prá lá e prá cá enquanto o mundo despenca.

_ Que mundo?

_ O meu, o de todo mundo, é só ler as notícias, você não lê não?

_ As vezes sim, as vezes não, depende.  Mas, me conta o que essa gente feliz fez contra você?

_ Ué, são felizes. Ficam exibindo seus brincos e suas bolsas, aliás, você já percebeu como as bolsas dessas pessoas combinam com tudo no corpo delas, combinam até com os dentes?

_ Desculpa, não havia percebido que pessoas felizes têm bolsas que combinam com os dentes.

_ Pois é, então preste atenção, hellôôôu em que mundo você está?

_ Não tenho o hábito de prestar atenção em bolsas de pessoas felizes. Mas, vamos lá, como você está? Há quanto tempo né, o que você anda fazendo? Como eu posso te ajudar?

_ Muito tempo mesmo. Eu não estou bem. Eu tô desempregada há 6 meses, e agora acho que vai ser muito difícil alguém me contratar, tenho 46 anos e nessa profissão sabe como é né?  Nem te conto o mico que tô pagando ultimamente. E olha que eu era uma grife. Então, eu fiquei sabendo sobre o seu trabalho e queria saber como funciona, e principalmente quanto custa, já me disseram que é caro, mas, mesmo assim eu tô meio desesperada e resolvi vir aqui falar com você, você pode me ajudar?

_ Depende.

_ Depende do quê?

_ Do quanto você acredita que pode se ajudar.

_ Peraí, como assim? Não é você que é Coach?

_ Sim, sou eu o Coach, mas, o Coach não faz milagre.

_ Não me sacaneia, me diz, você pode me ajudar?

_ Me diz você, você pode se ajudar?

_ Estou com um pouco de medo, as vezes acho que não vou aguentar.

_ Como assim? Do que você tem medo?

_ Tenho medo de não conseguir.

_ Conseguir o quê?

_ Não sei. Quero dizer, sei sim. Medo de não conseguir mais pagar minhas contas, a prestação do carro, a conta da luz, o iptu e o refis. Você acredita que tive que fazer um refis da minha PJ?

_ Acredito sim. Mas, o que é que te faz crer que não vai conseguir pagar as contas?

_ O quê? Não sei, quer dizer sei sim: seis meses desempregada. Você não está vendo tudo o que está acontecendo por aqui? Estar sem trabalho é como estar sem esperança. Mas me parece que você não vê né? Você pode me ajudar?

_ Posso, claro. Vou te fazer uma pergunta espero que você não se ofenda:

_ O que você acha que deveria fazer?

_ Não sei, se eu soubesse não estaria aqui te perguntando né?

_ Eu posso sugerir uma coisa?

_ Claro, é para isso que eu estou aqui.

_ Você pode começar com o perdão?

_ Puta que o pariu!!!! Eu venho aqui fudida e você me vem com essa conversa fiada?

_ O que é que eu teria que perdoar?

_ O que você acha?

_ Não; não vai me dizer que eu tenho que começar perdoando essas pessoas felizes que me enchem tanto o saco?

_ Não sei, o que você acha? PQP, resolve? Quero dizer se eu perdoar

vai resolver alguma coisa na minha vida?

_ O perdão está ligado a romper com crenças limitantes, com expansão de limites, com libertação. Cultivar mágoas ou ressentimentos, acaba te deixando mais vulnerável porque você fica presa dentro da sua cabeça remoendo e ruminando e parte da sua energia fica ocupada com esses sentimentos e isso te deixa instável, emocionalmente e fisicamente. Quando você perdoa começa a recarregar seu potencial energético. E com certeza o seu cérebro trabalhará melhor. Com o cérebro trabalhando melhor os desafios diminuem de tamanho, porque você fica mais apta a encontrar soluções. Perdoe todos aqueles que você guarda algum tipo de mágoa, rancor ou ressentimento e depois, se perdoe.

_ Porra, porque eu me perdoaria?

_ Não sei. Porque você se perdoaria?

_ Por ter inveja dessas pessoas felizes?

_ O que você acha?

_ OK, vamos dizer que eu realmente estou com inveja e que por esse

motivo, eu as perdoaria e me perdoaria, como é que isso vai ajudar a

pagar as minhas contas?

_ O que você acha?

_ Porra meu, você só sabe falar o que você acha?

_ Vamos lá, pense no seguinte: Perdoar é muito difícil para você?

_ É quase impossível.

_ E pagar as suas contas nesse momento?

_ Isso também é quase impossível.

_ Pera. Peraí, você não tá querendo dizer que se eu conseguir fazer uma coisa quase impossível como perdoar, posso aproveitar e começar a fazer outras coisas quase impossíveis também?

_Não sei, o que você acha?

***
Adi Leite é coach, fotógrafo e jornalista.