Felicidade se acha é em horinhas de descuido - São Paulo São

A frase que dá título a este texto está no conto "Barra da Vaca", do livro "Tutameia, de 1967 – o último publicado em vida por João Guimarães Rosa. Foto: Hélvio Romero.A frase que dá título a este texto está no conto "Barra da Vaca", do livro "Tutameia, de 1967 – o último publicado em vida por João Guimarães Rosa. Foto: Hélvio Romero.

Singela homenagem a Guimarães Rosa

No aroma do café fresquinho
Na manteiga que derrete no pão
No cheiro de mato molhado
Na ducha fresca, no verão
Andando descalço pelo chão
No céu, num dia ensolarado

No beijo do namorado
Vendo estrelas, na madrugada
Na gargalhada da amiga
Numa chuva inesperada
Reunindo a filharada
Relembrando uma cantiga

No álbum, na foto antiga
Na praia, olhando o mar
No sofá, livro na mão
Ouvindo passarinho cantar
Pondo bolo para assar
Cantando uma canção

No silêncio da meditação
Ao fim da ginástica ou da corrida
Na mesa posta com carinho
Na casa organizada e florida
No abraço da pessoa querida
Na taça de um bom vinho

No aroma do café fresquinho
Na manteiga que derrete no pão
Basta apenas perceber
Em cada pequena ação
Tem uma diferente emoção
Tem uma pontinha de prazer

*A frase que dá título a este texto está no conto "Barra da Vaca", do livro "Tutameia (Terceiras estórias)", de 1967 – último livro publicado em vida por João Guimarães Rosa. Concisa, singela e verdadeira, é uma das frases que me acompanha pela vida. 

Quando comecei a pensar no texto para minha primeira coluna de 2018 aqui no SãoPauloSão, ela mais uma vez me veio à cabeça. Afinal, neste  momento em que estamos todos (nos) desejando um feliz ano novo, nada mais pertinente do que refletir sobre o que é e onde está a tal felicidade.

Publico então esse texto, pseudo-poético, lúdico e despretensioso, para lembrar que, mesmo numa cidade tão acelerada e intensa, com um cotidiano cheio de compromissos, obrigações, dificuldades e tensões, todos temos nossas horinhas de descuido. E achar a felicidade nelas contida só depende de nós.

Feliz 2018.

***
Valéria Midena, arquiteta por formação, designer por opção e esteta por devoção, escreve quinzenalmente no São Paulo São. Ela é autora e editora do site SobreTodasAsCoisas e sócia do MaturityNow.

 



-->