Quanto tempo você ainda vai viver - São Paulo São

User Rating: 0 / 5

A gente sabe que existe, no planeta, indivíduos que já chegaram aos 120 ou até mais anos. A maioria, no entanto, do outro lado do mundo. No Nepal. Na Manchuria, por ali, perto do deserto de Gobi.

Do lado ocidental, a idade das pessoas também tem aumentado. Há cada vez mais velhos. Culpa da ciência e das modernas técnicas de rejuvenescimento, cujas clínicas se espalham pelos países  desenvolvidos onde a qualidade de vida colabora para esse efeito. 

E o futuro nos reserva surpresas prodigiosas em genética, nutrição farmacopeia...,etc, que nos ajudarão a ser jovens com 80 anos sem poções milagrosas, mas por conquistas científica. 

Aqui, ou pelo menos ali, nos EUA e/ou na Europa, poderemos  detectar os riscos e evitá-los antes que a doença apareça, ou seja, mediante o diagnóstico precoce; e por outro lado, graças à ação farmacológica.

A fármacogenômica, por sua vez, será capaz de intervir na ativação dos genes que nos protegem contra determinadas doenças e silenciar os que as potencia.

O site em português do diário espanhol El Pais traz importantes e interessantes informações sobre o tema, especialmente um teste que permite a qualquer pessoa saber quantos anos ainda tem de vida.


Aos 76 anos (bem vividos, embora nem sempre vividos bem) é óbvio que eu não deixaria passar a oportunidade de saber quanto tempo ainda me resta. 

Esse teste (publicado na revista Nature em 2004 e modificado por Francisco Mora em seu livro “O Cientista Curioso“) permite estimar quantos anos você irá viver. Pelo menos aproximadamente. 

É preciso começar com 76 (foi mera coincidência) e somar ou subtrair de acordo com as respostas a essas 20 premissas.

1. Tem entre 30 e 50 anos (+2); entre 51-70 (+4).

2. É homem (-3) ou mulher (+4).

3. Vivem em uma área urbana com mais de um milhão de habitantes (-2) ou em uma cidade ou vila pequenas (+2).

4. Um de seus avós viveu até os 85 anos (+2) ou os dois viveram até os 80 anos (+6).

5. Um de seus pais morreu de doença cardíaca ou derrame cerebral antes dos 50 anos (-4).

6. Algum de seus pais ou irmãos têm câncer, uma doença cardíaca ou sofre de diabetes desde criança (-3).

7. Ganha aproximadamente o salário mínimo (-2).

8. Tem estudos primários (+1); ou estudos médios e superiores (+2).

9. Tem 65 anos ou mais e continua ativo (+3).

10. Vive com seu (sua) companheiro (a) ou um amigo (+5).

11. Vive sozinho (-3) ou o fez durante longos períodos de tempo desde seus 25 anos (-3).

12. Trabalha em um escritório (-3) ou em uma profissão que exija um grande esforço (+3).

13. Faz exercícios durante 30 minutos 5 vezes por semana (+4) ou de 2 a 3 vezes por semana (+2).

14. Dorme mais de 10 horas diárias (-4).

15. É uma pessoa relaxada (-3); feliz (+1) ou infeliz (-2).

16. Foi multado por excesso de velocidade nos últimos anos (-1).

17. Bebe diariamente uma ou mais doses de álcool (-1).

18. Fuma mais de dois maços de cigarros por dia (-8), um ou dois (-6); meio ou menos (-3).

19. Seu sobrepeso é de 50 quilos ou mais (-8); de 49-14 quilos (-4), de 13-5 (-2).

20. Tem por volta de 40 anos e fez todos os exames médicos (+2).

Somou e diminuiu direitinho? Não roubou? Descobriu quando você vai morrer? Eu já sei, e me preocupo. Acho que o Brasil vai acabar antes.

***
 
Tão Gomes Pinto é jornalista e escritor. Atuou nos principais veículos da imprensa.