Em BH, ‘Arte para uma cidade sensível‘ reúne produção voltada para o espaço público - São Paulo São

Dezoito artistas e coletivos de diversas partes do país apresentam um panorama da criação artística no espaço público brasileiro na exposição ‘Arte para uma cidade sensível‘, aberta ao público no Museu Mineiro, em Belo Horizonte. A curadora é a artista e professora Brígida Campbell, da Escola de Belas-Artes da UFMG.

Com registros de intervenções, instalações e vídeos, a mostra reflete sobre questões urbanas como gentrificação, especulação imobiliária, investimentos e desrespeito ao patrimônio histórico e simbólico. Para Brígida, essas transformações, distorcem, muitas vezes, o caráter público do espaço urbano, transformando-o em mero local de exploração financeira e impedindo a construção de locais de encontro, convivência coletiva e pública.

Entretanto, como a própria curadora lembra, existe um movimento em sentido contrário que busca retomar os espaços públicos como lugar de convívio, de política, de realização pública e coletiva de projetos. Neste sentido, uma série de projetos artísticos vêm sendo realizados no espaço público-urbano brasileiro, sob os mais diversos nomes, como “intervenção urbana”, “arte participativa”, "colaborativa”, “relacional”, “contextual”.

Os trabalhos reunidos na mostra propõem que a arte circule por outros espaços, que não apenas os ambientes tradicionalmente reservados a ela. O objetivo é oferecer referências para novos processos de pesquisa artística, ampliando a compreensão do visitante sobre o papel da arte no imaginário da cidade e na formação da sensibilidade urbana.

Participam da exposição Thislandyourlan, Pierre Fonseca, Piseagrama, Trinca SP, Poro, Gia, Grupo Fora, Grupo Empreza, Ronald Duarte, Paulo Nazareth, Filé de Peixe, Vj Suave, Acidum, Jonathas de Andrade, Comum, Frente Três de Fevereiro, Tupinambá Lambido e Residência Móvel.

Além da exposição, faz parte da programação, uma série de encontros  e palestras com artistas e profissionais do campo das artes visuais.

Serviço

“Arte para uma cidade sensível”
Visitação até 26/11.
Museu Mineiro, Galeria de Exposições Temporárias.
Avenida João Pinheiro 342, no bairro Funcionários.
O local funciona de terça a sexta-feira, das 10h às 19h, quinta-feira, das 12h às 21h, e sábado e domingo das 12h às 19h.

***
Com informações da UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais.