Prefeitura de Los Angeles pinta ruas de branco para combater o aumento da temperatura - São Paulo São

Na última primavera, o Los Angeles Bureau of Street Services testou uma abordagem nova e criativa para combater o aumento das temperaturas no centro da cidade.

Foto: Departamento de Serviços Públicos de Rua da Cidade de Los Angeles. Foto: Departamento de Serviços Públicos de Rua da Cidade de Los Angeles.

projeto piloto cobriu uma rua em cada um dos 15 distritos do conselho de LA com CoolSeal, um revestimento reflexivo à base de asfalto desenvolvido pela empresa GuardTop, com sede na Califórnia. Depois de ver uma diferença de 11-13 graus Fahrenheit nas ruas revestidas, Los Angeles e outras cidades planejam implementar telhados e pavimentos mais reflexivos para reduzir os efeitos colaterais das "ilhas de calor".

Foto: Departamento de Serviços Públicos de Rua da Cidade de Los Angeles. Foto: Departamento de Serviços Públicos de Rua da Cidade de Los Angeles.

De acordo com o Washington Post, o CoolSeal foi originalmente usado pelos militares para ocultar aviões aterrados das câmeras infravermelhas dos espiões. Embora a aplicação teste nos bairros de Los Angeles tenha produzido resultados impressionantes, há uma pequena desvantagem, o revestimento custa cerca de US $ 40.000 por milha e dura sete anos.

Foto: Departamento de Serviços Públicos de Rua da Cidade de Los Angeles. Foto: Departamento de Serviços Públicos de Rua da Cidade de Los Angeles.

A Agência de Proteção Ambiental define uma "ilha de calor" como um lugar onde a terra e a vegetação são substituídas por infraestrutura, edifícios e estradas. A substituição de ambientes mais úmidos e permeáveis por ambientes mais secos e menos permeáveis faz com que regiões urbanas densas se tornem muito mais quentes do que as áreas circunvizinhas. Esta "ilha" pode, muitas vezes, ser 50-90 graus Fahrenheit (10 a 32 graus Celsius) mais quente do que a temperatura do ar.

George Ban-Weiss, à direita, com o estudante de engenharia ambiental Arash Mohegh, remove um sensor de termômetro móvel do teto do carro que a equipe dirige pelos bairros de Los Angeles em busca de bolsões de calor. Foto: Gary Coronado / Los Angeles Times.George Ban-Weiss, à direita, com o estudante de engenharia ambiental Arash Mohegh, remove um sensor de termômetro móvel do teto do carro que a equipe dirige pelos bairros de Los Angeles em busca de bolsões de calor. Foto: Gary Coronado / Los Angeles Times.

De acordo com o Los Angeles Times, o governo espera ter uma diferença de 3 graus na temperatura até 2019. Graças aos testes iniciais do ano passado, a cidade agora conhece algumas das melhores táticas e estratégias para começar a trabalhar em direção a esse objetivo, bem como uma melhor ideia sobre por onde começar dentro da própria cidade.

Foto: Milked Departamento de Serviços Públicos de Rua da Cidade de Los Angeles. Foto: Milked Departamento de Serviços Públicos de Rua da Cidade de Los Angeles.

Desde o programa piloto usando CoolSeal no ano passado, GuardTop recebeu pedidos de informação de todo o mundo, incluindo China, Israel, Austrália e Arábia Saudita, de acordo com o Washington Post. Portanto, é possível afirmar que esta tendência no design ambiental veio para ficar.

Foto: Departamento de Serviços Públicos de Rua da Cidade de Los Angeles. Foto: Departamento de Serviços Públicos de Rua da Cidade de Los Angeles.

***
Por Collin Abdallah no Arch Daily. Tradução de Camilla Sbeghen