RECOMENDADOS - São Paulo São

São Paulo São Recomenda

A exposição ocupa toda a Oca, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, com mais de 750 obras do acervo de Arte Itaú Unibanco. Foto: Agência Ophélia / Divulgação.A exposição ocupa toda a Oca, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, com mais de 750 obras do acervo de Arte Itaú Unibanco. Foto: Agência Ophélia / Divulgação.

Para comemorar 30 anos de atividades, o Itaú Cultural exibe na Oca, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, a exposição "Modos de ver o Brasil: Itaú Cultural 30 anos", com cerca de oitocentas peças de um acervo de 15 mil pertencentes ao Banco Itaú. Com curadoria de Paulo Herkenhoff, em colaboração com Thais Rivitti e Leno Veras, a mostra ocupa os 10 mil metros quadrados do edifício com obras que vão desde a tela "Povoado numa planície arborizada", do pintor holandês Frans Post (1612-1680), pintura adquirida por Olavo Setúbal em 1969, que iniciou sua coleção de arte, até um núcleo de arte cibernética.

Jackeline detém o filho de 4 meses de idade que nasceu com microcefalia, na frente de sua casa em Olinda, Pernambuco. Foto: Nacho DoceJackeline detém o filho de 4 meses de idade que nasceu com microcefalia, na frente de sua casa em Olinda, Pernambuco. Foto: Nacho Doce

O Projeto comemora sua 12ª edição e segue firme no propósito de fazer documentação, além de deixar sua marca na fotografia contemporânea retratando os olhares de uma geração. As exposições fotográficas que fazem parte integrante do projeto Foto Retrospectiva, que vem sendo desenvolvido desde 2000, fazem uma compilação dos principais fatos deste começo de século. A proposta é realizar exposições fotográficas anuais, que documentem fatos marcantes, históricos, inesquecíveis ou cotidianos, mas que fazem parte da nossa história recente. 

Ato contra a PEC 55 termina em confronto entre polícia e manifestantes, que atearam fogo em carro e fizeram barricadas na Esplanada dos Ministérios em Brasília. Foto: Joca Duarte.Ato contra a PEC 55 termina em confronto entre polícia e manifestantes, que atearam fogo em carro e fizeram barricadas na Esplanada dos Ministérios em Brasília. Foto: Joca Duarte.Este ano a curadoria ficou a cargo do jornalista, fotógrafo e cineasta João Wainer e um dos pioneiros da fotografia modernista no Brasil German Lorca, que aos 95 anos, teve uma participação pra lá de especial. De estilos e gerações distintas, através de ambos fotógrafos podemos ver as sutilezas e escrachos de um ano no mínimo improvável: protestos, impeachment, microcefalia, jogos olímpicos, Tom Zé e Rolling Stones compõe o mosaico do que foi 2016, para nos lembrar (para sempre!) que #somostodoschape.

Um espetáculo dirigido ao público infantil, que traz como inspiração a história real e comovente da menina paquistanesa que sobreviveu aos horrores de uma guerra. Essa é a peça Salve, Malala!, em cartaz no no Sesc Ipiranga, e que apresenta para os pequenos como a liberdade e o acesso ao ensino são direitos de todo ser humano, objetivo que delineia a vida da jovem Malala Yousafzai.

A exposição Henri Cartier-Bresson, primeiras fotografias está em cartaz na Galeria de Fotos do Centro Cultural Fiesp, na capital paulista, até o dia 25 de junho, com 58 trabalhos do início da carreira de um dos mais influentes fotógrafos do século 20. As imagens mostram as influências do surrealismo e do humanismo no olhar de Bresson e são fruto de seus quatro primeiros anos de trabalho.

Foto: Mauricio Lima.Foto: Mauricio Lima.

Depois de inaugurar a exposição Farida, um Conto Sírio, do fotógrafo Mauricio Lima, no Maio Fotografia, dia 12 de abril, a DOC Galeria dá sequência à sua participação no evento anual dedicado à Fotografia, no MIS, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

A primeira atividade organizada pelo escritório de fotografia será realizada dia 4 de maio, com o ganhador do Pulitzer 2016, ao lado de alguns integrantes da família Majid, da Síria, que Mauricio Lima retratou ao longo da jornada migratória rumo à Suécia. Mediada pela professora e crítica de fotografia, Simonetta Persichetti, essa conversa terá ainda as participações da jornalista do New York Times, Anemona Hartocollis, parceira de Lima na realização desta cobertura para o jornal americano, e Maria Laura Canineu, diretora da Human Rights Watch no Brasil. 

Já no dia 5 de abril, a DOC lança o projeto 10FOT10MIN, em que cada fotógrafo convidado tem o desafio de apresentar um trabalho dentro de 10 minutos. Os participantes desta primeira edição estão Daniel Kfouri com sua série Vermelho, sobre Cuba; Gui Christ e Gabi Di Bella, autores de Marrocos, fotolivro vencedor do prêmio DOC Fotolivro; Ilana Bar, Fabio Nascimento, Rogério Assis, Isabella Lanave, Tommaso Protti, Hudson Rodrigues, Tiago Coelho e, encerrando a noite, Mauricio Lima. 

Foto: Daniel Kfouri.Foto: Daniel Kfouri.

Fechando a série de ações da DOC Galeria no Maio Fotografia, dias 6 e 7, acontece a 6a edição da Foto Feira Cavalete. Uma das surpresas desta edição é a parte do acervo de futebol brasileiro e da seleção, feitas entre os anos 58 e 70, com foco no Pelé. As imagens foram cedidas pela família Wainer, herdeira de Samuel Wainer, idealizador do jornal, e estarão à venda na mesa da DOC Galeria. Além de apresentar o trabalho de fotógrafos como os da Angústia Foto, Daniel Kfouri, Juan Esteves, Paula Marina, Leo Eloy, Tetê Schmidt, Mauricio Lima, Drago, Isabella Lanave, Ilana Bar, Instituto Internacional de Fotografia [IIF], e contar com a presença de editoras como Livraria Madalena, Bei Editora, Terra Virgem, OrigemPhotoBooks e Fotô Editorial. 

Foto: Acervo Família Wainer.Foto: Acervo Família Wainer.
Foto: Drago.Foto: Drago.O evento ainda vai servir de palco para o lançamento do livro Marrocos, do coletivo Gringo, formado pelos fotógrafos Gabi Di Bella e Gui Christ. Vencedores do Prêmio DOC Fotolivro, projeto lançado em dezembro de 2016, Marrocos concorreu com outros 107 ensaios, que foram avaliados nos requisitos tema, edição de imagens e linguagem fotográfica. Marrocos é resultado de uma imersão fotográfica dentro de uma das maiores ocupações sem-teto de São Paulo. Um registro documental das consequências das crises urbana, habitacional e migratória pela qual passa a maior cidade da América Latina. Durante o ano de 2016, o coletivo Gringo foi testemunha da disputa entre a proprietária do imóvel, os moradores e a polícia. Uma parceria ds DOC Galeria e Gráfica Mattavelli.

Foto: Coletivo Gringo.Foto: Coletivo Gringo.

Reunindo fotógrafos independentes, galerias, editoras, selos, artistas visuais e produtores, a Foto Feira Cavalete, desde a primeira edição, tem como objetivo reunir em um único espaço profissionais que pensam e vivem a Fotografia, aproximando artistas, produtores, selos e editoras do público que tem uma ótima oportunidade para conhecer e consumir todo e qualquer objeto fotográfico com preços atrativos. 

Foto: Fernando Costa Netto.Foto: Fernando Costa Netto.

Serviço

Farida, um Conto Sírio
4 de maio, quinta-feira, 19h30. 
Mesa com Mauricio Lima, família Majid, Anemona Hartocollis, Maria Laura Canineu – Mediação Simonetta Persichetti.
Auditório do MIS.
172 lugares.
Retirada de ingressos a partir das 18h30 na recepção do Museu.

10FOT10MIN
5 de maio, sexta-feira, 19h30.
Dez fotógrafos convidados apresentam um trabalho em dez minutos.
Auditório do MIS.
172 lugares.
Retirada de ingressos a partir das 18h30 na recepção do Museu.

Foto Feira Cavalete
6 de maio, sábado, das 12h às 20h e 07 de maio, domingo, das 11h às 19h.
Lançamento do fotolivro Marrocos, do Gringo Coletivo.
6 de maio, sábado, 15h.
Área externa do MIS.

Museu da Imagem e do Som – MIS.
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | 11 2117-4777.
http://www.mis-sp.org.br/

***
Com informações NAMIDIA Assessoria de Comunicação. Fotos: DOC Galeria.