Documentário ‘Arquitetura Proibida‘ resgata a trajetória do visionário João Artacho Jurado - São Paulo São

Acaba de chegar às telas dos computadores e das plataformas mobile a trajetória e obra de um dos mais controversos empresários do ramo imobiliário paulista nas décadas de 40 e 50. “Arquitetura Proibida” é o nome do documentário que resgata a história do empresário João Artacho Jurado (São Paulo, 1907 - 1983) e pode ser assistido gratuitamente a partir do youtube e vimeo (links abaixo). São 8 episódios que trazem fotos e imagens das construções icônicas, entrevistas e depoimentos de especialistas sobre a rica trajetória do visionário arquiteto e construtor.

João Artacho Jurado, por volta de 1957.João Artacho Jurado, por volta de 1957.Inspirado no livro "Artacho Jurado - Arquitetura Proibida", de Ruy Eduardo Debs Franco, o projeto foi todo concebido por ele e pelo arquiteto Ricardo Moreira, com realização da Fundação Gilberto Salvador. Além de ampla pesquisa de memória, o projeto coletou depoimentos de arquitetos, artistas plásticos, fotógrafos e admiradores do trabalho de João Artacho Jurado. A narrativa é do próprio Ruy Debs. “O documentário busca o equilíbrio entre as visões fervorosas e reticentes sobre a sua obra, contribuindo para diminuir os preconceitos sobre ele e contextualizando-o na linha do tempo e da história com seu devido mérito", explica Moreira.

João Artacho Jurado ganhou destaque nas décadas de 40 e 50 com edificações ricas em cores, elementos decorativos e estilos. Perseguido pelo Crea - Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura e pela patrulha modernista, mostrou-se na verdade um autodidata que, mesmo sem concluir o ginásio, criou o conceito edifício- clube muito presente nas edificações de hoje. Ao privilegiar o conforto, o luxo e os espaços amplos em suas obras, Artacho agradou muito a classe média emergente da época e deixou sua marca na arquitetura paulista, representada por modernos edifícios como Bretagne e Cinderela, em São Paulo, e Verde Mar, em Santos.

Ficha técnica

Documentário “Arquitetura Proibida“ - 8 episódios de 6‘30“ (aproximadamente).
Baseado no livro “Arquitetura Proibida“ do arquiteto e urbanista Ruy Eduardo Debs Franco Editora – Ed. Senac 2008. 
Direção / Produção Executiva: Ricardo Moreira Soares.
Edição: Roberta Canepa. 
Produção: Stella Maris Pereira / Hélio Abramides.
Câmera: Fernando Carrati / Fernando Correa.
Trilha sonora: Gilvan Gomes. 
Locução: Regina Bittar.

Realização: Fundação Cultural e Artística Gilberto Salvador em parceria de fomento com Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo.

Entrevistados: Alex Flemming / Araquém Alcântara / Beatriz Blay / Beatriz Rivadávia / Felipe Grifoni / Gegê Leme / Gilberto Salvador / Heliana Vargas / Ignácio de Loyola Brandão / Irineu João Simonetti / José Carlos Franco Fernandes / Marco Aurélio Artacho / Márcio Mazza / Mariana Nobre / Martin Jayo / Matteo Gavazi / Maurício Machado / Paulo Mendes da Rocha / Ricardo Peruchi / Rubem Costa /  Ruy Debs Franco /Samuel Riberio Júnior /  Sidney Haddad /Wagner Tamanaha / Wilson Florio. 

Edifícios: Apracs / Bretagne / Cinderela / Duque de Caxias / Enseada / General Jardim / Louvre / Parque das Hortênsias / Parque Verde Mar /Piauí / Planalto / Saint Honoré / Viadutos. 

Fotos: Araquém Alcântara / Fausto Nocceti / Hamilton Penna / Renato Testa / Ricardo Moreira / Robert Sparke / Ruy Franco / Simone Iwai / Tuca Reines / Revista Acrópole. 

Edifício Enseada em Santos. Foto de Hamilton Penna.Edifício Enseada em Santos. Foto de Hamilton Penna.Edifício Cinderela, em São Paulo. Foto de Hamilton Penna.Edifício Cinderela, em São Paulo. Foto de Hamilton Penna.Edifício Bretagne, em São Paulo. Foto de Hamilton Penna.Edifício Bretagne, em São Paulo. Foto de Hamilton Penna.Edifício Parque das Hortênsias. Foto de Hamilton Penna.Edifício Parque das Hortênsias. Foto de Hamilton Penna.Visite:

www.arquiteturaproibida.com.br
www.facebook.com/arquiteturaproibida/
www.youtube.com/arquiteturaproibida
www.instagram.com/arquiteturaproibida/
www.vimeo.com/arquiteturaproibida

***
Da redação com informações de Sandra Perruci - Assessora de Imprensa.



-->