Balé da Cidade de São Paulo estreia ‘Anatomia 01‘, coreografia inédita de Francesca Harper - São Paulo São

O Balé da Cidade de São Paulo apresenta Anatomia 01, criação da Francesca Harper inédita no mundo.

As apresentações serão acompanhadas da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, sob a regência do maestro Luis Gustavo Petri. No mesmo programa, a companhia reapresenta RISCO que inaugurou a gestão de Ismael Ivo na direção artística do grupo.

Anatomia 01 discute contextos históricos, gêneros e o momento atual que vivemos no mundo. Francesca Harper é a primeira coreógrafa internacional convidada por Ismael Ivo desde que assumiu a companhia em janeiro deste ano. A escolha de Harper para o Balé da Cidade se deve ao alto nível técnico da artista, destacando o trabalho icônico com William Forsythe (coreógrafo reconhecido internacionalmente pelo seu trabalho com o Ballet de Frankfurt), bem como a sua objetividade em refletir os momentos da sociedade. “Francesca é um dos maiores nomes da dança atual contemporânea e é um orgulho trazer uma mulher como minha primeira coreógrafa internacional convidada”, afirma Ismael Ivo.

“Trabalhar com o Balé da Cidade tem sido um marco em minha experiência coreográfica. O processo não só foi criativo, mas recíproco. Recebi uma troca artística que é transformadora não apenas para minha arte diária, mas para minha vida”, explica Harper.

Francesca Harper

Francesca Harper. Foto: Richard Termaine.Francesca Harper. Foto: Richard Termaine.Bailarina e coreógrafa nova-iorquina, Francesca Harper tem um longo histórico profissional, tendo passado pelo Dance Theatre of Harlem, em Nova York. Um dos pontos altos da sua carreira se deu sob a direção do coreógrafo William Forsythe no Ballet Frankfurt, onde foi solista por 5 anos. Em Frankfurt, Francesca trabalhou com os designers Issey Miyake e Gianni Versace, e atuou no filme Dancing Pleats, uma retrospectiva de 30 anos do trabalho de design de Issey Miyake no Japão.

De volta à Nova York, Harper coreografou obras para o Alvin Ailey American Dance Theatre. As suas criações também já foram apresentadas no Ailey II, Tanz Graz, Hubbard Street II, Dallas Black Dance Theatre, entre outros. Harper também serviu como consultora de balé para o filme Cisne Negro, de Darren Aronofsky, e estrelado por Natalie Portman. Portman ganhou um Oscar por sua atuação na produção.

Francesca também foi destaque na ópera Zinnias – The Life of Clementine Hunter, dirigido por Robert Wilson. Ela recebeu um Prêmio de História Viva em 2013 durante o mês da história negra da Universidade de Long Island, em Nova York, nos Estados Unidos.

Risco

Cenas de ‘Risco‘, do Balé da Cidade de São Paulo. Foto: Arthur Costa / Divulgação.Cenas de ‘Risco‘, do Balé da Cidade de São Paulo. Foto: Arthur Costa / Divulgação.Sucesso de público e crítica, o Balé da Cidade de São Paulo reapresenta Risco. O trabalho, que teve a direção cênica de Sérgio Ferrara, reflete a busca de uma cidade em conviver com a diversidade de ideias e comportamentos. E, simultaneamente, buscar a igualdade de direitos. Na trilha da coreografia, Gustav Holst – Os Planetas: Marte, op. 32 (1914-16) e Otorino Respighi – Festas Romanas (1928). A criação também será executada em conjunto com a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, sob a regência do maestro Luís Gustavo Petri.

Risco estreou em março no Theatro Municipal de São Paulo e iniciou a temporada 2017 da companhia. A criação também marcou o retorno do bailarino Ismael Ivo ao Brasil depois de 32 anos de vivência no exterior.

Serviço

Balé da Cidade de São Paulo

Anatomia 1 – Estreia mundial
Coreografia e Cenário: Francesca Harper
Música: J. S. Bach , Paul Hindemith
Duração: 35 minutos

Risco – Instalação Coreográfica 
Estreado no Theatro Municipal em 24.03.2017
Direção: Sérgio Ferrara
Música: Gustav Holtz – Os Planetas: Marte
Duração: 35 minutos

Ismael Ivo, diretor artístico.

Theatro Municipal
Praça Ramos de Azevedo, s/nº.
Sé - São Paulo.

A estreia no dia 5 de outubro, às 20h, terá preço popular único de R$ 20, com direito à meia-entrada, para todos os setores.
Já nas outras datas, 6, 7, 8 e 14, às 20h, e no dia 15, às 17h, os ingressos para o setor 1 e 2 custarão R$ 40 e setor 3 , R$ 20.
As vendas estão acontecendo na bilheteria do Theatro Municipal (11 3053 2090).

***
Com informações do Theatro Municipal.