Nos 11 anos do novo ‘JazzNosFundos‘, programação especial com lendas do jazz paulistano - São Paulo São

O CCMI – Centro Cultural da Música Instrumental, agrega duas salas de espetáculo e um arejado e charmoso terraço. Foto: Divulgação.O CCMI – Centro Cultural da Música Instrumental, agrega duas salas de espetáculo e um arejado e charmoso terraço. Foto: Divulgação.

O espaço que um dia abrigou uma fábrica de sapatos hoje comporta o CCMI – Centro Cultural da Música Instrumental, que agrega duas salas de espetáculo e um arejado e charmoso terraço. É o que os antigos frequentadores e amantes do lugar chamam de “novo JazzNosFundos”.

Idealizada pelo artista plástico Maximo Levy, a nova casa guarda ainda algumas características de sua arquitetura original, e a decoração é feita com materiais e peças de demolição, além de objetos deixados pelo antigo dono, como fôrmas e prensas de sapatos que formam móbiles e balcões nas áreas de bar.

Como o nome já diz, a Sala JazzNosFundos preserva o DNA da antiga casa, com uma programação que privilegia a música instrumental e o jazz. Instalada no andar inferior do CCMI, a sala manteve sua tradicional miniplateia e, atendendo a pedidos, ganhou ainda pequenas mesas. Há ainda o espaço cativo para quem quer assistir ao show em pé, além do bar, de onde saem cervejas, drinks e petiscos.

Já a Sala do Autor, que fica no piso térreo do CCMI, dá ênfase à música autoral. Nesse ambiente, diferentemente da sala JazzNosFundos, a ideia é apreciar a música em um ambiente silencioso, em que todos possam curtir a qualidade do som e da acústica envolvida.

Programação Especial de aniversário

O JazzNosFundos surgiu como um speakeasy, há onze anos. Foto: Divulgação.O JazzNosFundos surgiu como um speakeasy, há onze anos. Foto: Divulgação.

No mês em que comemora 11 anos de atividade na região de Pinheiros, na zona oeste da capital, CCMI/JazzNosFundos tem uma extensa programação com exposição de fotos, canal exclusivo no youtube e shows especiais. De terça a sábado, a casa oferece música de qualidade para um público exigente e fiel.

A programação especial da semana, abre com o show (dia 7) de quatro lendas do jazz - o argentino Hector Costita, os brasileiros Carlos Alberto Alcântara e Luiz Mello e o americano Bob Wyatt. Uma homenagem a eles e toda uma geração que e a sua geração que em mais de quatro décadas de música e sucessos, fizeram da música instrumental um dos pilares da cultura brasileira.

Na quarta (8), os ganhadores de dois Grammy Awards, o Trio Corrente apresenta um show especial. Na mesma noite, em seguida, o show do grande guitarrista Lupa Santiago.

Na quinta (9), noite de muito groove, com o tributo a um dos maiores discos da história do jazz, o Head Hunters de Herbie Hancock assinado pelo pianista Leandro Cabral e, em seguida, show do baterista Cuca Teixeira com seu projeto Groove Reunion que reunirá feras do jazz para uma noite de muito jazz funk.

Sexta (10) é a vez dos shows da cantora Marina de La Riva que mistura a música brasileira e latina e do pianista cubano Pepe Cisneros que apresentará show especial com músicas cubanas da década de 50.    

Sábado (11), dia exato do aniversário da casa, o palco é do bandolinista Hamilton de Holanda com um grande time de músicos: Gabriel Grossi, Daniel Santiago, Thiago Espírito Santo e Edu Ribeiro, a partir das 21h. Às 24h, Arismar do Espírito Santo e Cia encerram a noite. E os ingressos para o show de Hamilton de Holanda garantem a plateia para o show de Arismar.

CCMI/JazzNosFundos

Valores e horários de shows variam de acordo com a atração e o dia da semana. Foto: Divulgação.Valores e horários de shows variam de acordo com a atração e o dia da semana. Foto: Divulgação.Como já acontece desde sempre, de terça-feira a sábado, o CCMI costuma receber dois shows, sempre em horários alternados, de forma que o público possa escolher o som que mais lhe interessar levando em consideração o estilo e o horário das apresentações. Em algumas noites entradas também são cobradas isoladamente. Tudo para que o público tenha total liberdade na escolha.

Como a programação das duas salas acontece em horários alternados, o público tem a possibilidade ainda de curtir os dois shows, e, para isso, ganham desconto na compra da segunda entrada. Afinal, uma das propostas que sempre nortearam a casa é oferecer música de qualidade com preços democráticos. Nada mais justo.

Quando surgiu como um speakeasy, há onze anos, o JazzNosFundos apresentava cerca de 16 shows por mês. Hoje, a casa irmã, JazzB, no Centro de São Paulo, e o CCMI elevaram esse número para 60 apresentações mensais, o que faz com que os dois locais tenham se transformado em um polo da música instrumental, referência em curadoria, acústica e qualidade da programação, dentro e fora do Brasil.

Serviço

Aniversário JazzNosFundos
De 11 a 30 de novembro.
Rua Cardeal Arcoverde, 742, Pinheiros, São Paulo - Tel: 11 3083 5975.
Abertura da casa: 19h.
Confira a programação: http://jazznosfundos.net/home.php
Reservas: [email protected]nosfundos.net
Exposição de fotos – JazzNosFundos 11 Anos: série de fotos de Ric Pereira fará parte do cenário do espaço Barceloneta, primeiro andar da casa, onde funciona o terraço.
Estacionamento (não conveniado) na Rua João Moura, 1076.
Canal no Youtube.


***
Da redação com informações de Manu Vergamini / JazzNosFundos.