Exemplos - São Paulo São

São Paulo São Exemplos

Foto: CU2030 / Cidade de Utrecht.Foto: CU2030 / Cidade de Utrecht.A primeira fase daquela que se tornará a maior garagem de bicicletas do mundo foi inaugurada ao público em Utretch, Países Baixos. Atualmente com 6.000 vagas, ao final de 2018 terá espaço suficiente para abrigar 12.500 bicicletas - superando a atual estação de metrô de Kasai, em Tóquio, que detém o record de 9.400 vagas. Quando concluída, na garagem e seus arredores poderão estacionar 22 mil bicicletas.

À medida que as áreas urbanas se desenvolvem, cada cidade forma uma lógica estrutural única. Com esta estrutura geralmente concebida de forma ad hoc, termos políticos como "área metropolitana" e "vizinhança" nem sempre são úteis ao analisar e comparar o desempenho das cidades. Na busca de novas ferramentas analíticas, Robin Renner desenvolveu um sistema de classificação anatômico em seu novo livro Urban Being: Anatomy & Identity of the City. Através de uma investigação reflexiva sobre as áreas urbanas existentes em todo o mundo, usando imagens de satélite e experiências pessoais, o Urban Being oferece uma visão de como as redes de transporte e as paisagens das ruas podem ser melhor organizadas para promover um ambiente metropolitano saudável.

No Brasil, Fortaleza é um dos exemplos de cidades que apostam na integração para reverter um cenário ainda tomado pelo carro e consolidar os modos de transporte sustentável. Foto: Fernanda Siebra / Diário do Nordeste.No Brasil, Fortaleza é um dos exemplos de cidades que apostam na integração para reverter um cenário ainda tomado pelo carro e consolidar os modos de transporte sustentável. Foto: Fernanda Siebra / Diário do Nordeste.

O futuro da mobilidade urbana não está na bicicleta, no carro, no ônibus ou em qualquer modo de transporte, mas na integração entre eles. Em inglês, a expressão seamless mobility identifica um cenário de mobilidade em que as diferentes opções se complementam, em uma rede de transporte integrada e eficiente.

A intenção é que o mapeamento esteja disponível para todos os cidadãos, sejam pesquisadores ou curiosos. Foto: David Campbell / Flickr.A intenção é que o mapeamento esteja disponível para todos os cidadãos, sejam pesquisadores ou curiosos. Foto: David Campbell / Flickr.

Um site criado pela Prefeitura de Salvador mostra a localização precisa das últimas árvores plantadas na capital. Ao acessar o Minha Árvore - Salvador, é possível ver as fotos da espécie, as coordenadas geográficas onde a muda foi plantada e até a pessoa que fez o plantio. A ação faz parte do projeto Salvador, Capital da Mata Atlântica, criado pela Secretaria Municipal da Cidade Sustentável e Inovação (SECIS).

Gostamos de histórias sobre a juventude canalizando seus ideais para projetos de mudanças de vida, especialmente quando há pequenas casas envolvidas. No ano passado, com orientação da organização sem fins lucrativos Sawhorse Revolution e vários profissionais de arquitetura, construção e engenharia, um grupo de adolescentes projetou sete pequenas casas para a rede de comunidades de pessoas sem-teto de Nickelsville, em Seattle. Com a construção, tornada possível por uma campanha bem sucedida de crowdfunding, perto da conclusão, a equipe está de volta com planos de construir mais quatro estruturas ecológicas móveis, incluindo um pequeno duplex de casa que é ideal para famílias.

Foto: Sawhorse Revolution.Foto: Sawhorse Revolution.

 

 

Foto: Sawhorse Revolution.Foto: Sawhorse Revolution.

Nickelsville compreende uma rede de acampamentos de sem teto, auto-geridos em terrenos fornecidos pelo município de Seattle. São comunidades de transição, e seus habitantes se movem de três a 18 meses. Como resultado, as casas e outras estruturas que os adolescentes da Sawhorse criaram devem ser móveis.

Após a campanha bem sucedida de crowdfunding no ano passado, a Sawhorse Revolution lançou o projeto Impossible City 2 de casas construídas pelos jovens para os sem-teto. Eles esperam arrecadar cerca de US$ 21.000 para construir as pequenas casas adicionais, uma cabine de segurança e um duplex.

Foto: Sawhorse Revolution.Foto: Sawhorse Revolution.

A diretor do programa da Sawhorse Revolution, Sarah Smith, disse: "Nossa segunda campanha de crowdfunding na Indiegogo foi inspirada pelo impacto que essas casas fazem - em vários níveis. Primeiro, é a experiência sobre o que nossos alunos aprendem sobre o sem-teto. O design requer empatia; quando eles projetam uma pequena casa para alguém que vive sem moradia, nossa juventude deve pesquisar, entrevistar e se colocar no lugar deles".

Foto: Sawhorse Revolution.Foto: Sawhorse Revolution.

De acordo com a Sawhorse Revolution, Seattle aprovou seis campos para fornecer habitação de transição para os sem-teto da área. Os acampamentos trabalham com o Instituto de Habitação de Baixa Renda da cidade, para fornecer refúgio temporário até que habitações a preços acessíveis se abram para pessoas incapazes de sustentar o aumento dos preços dos aluguéis.

Há uma sensação de motivação e propósito quando trabalhamos juntos nessas minúsculas casas - os adolescentes, construtores, voluntários e designers que compõem a equipe de projeto para as pequenas casas da Revolução Sawhorse se transformam ao compartilhar um propósito comum", disse Sarah. "Aprender nesta configuração não é abstrato - tem uma motivação real, e isso permite que nossos jovens aprendam habilidades cruciais, pois proporcionam abrigo e dignidade para aqueles que mais precisam".

Assista o filme do projeto: https://vimeo.com/191997252

***
Fonte Inhabitat (Inglês).