EUA querem rede de 'postos' a cada 80 km para carros elétricos - São Paulo São

A Casa Branca anunciou na última quinta-feira (3) planos para criar uma rede de 40 mil km para recarga de automóveis elétricos, com a qual espera estimular os motoristas a trocarem seus veículos a gasolina.
 

O Departamento do Transporte designará 48 rotas oficiais para veículos elétricos em autopistas que cobrem 35 dos 50 estados, com o objetivo de ampliá-las à medida que cresça a demanda.

Com a nova rede de energia elétrica, os motoristas destes carros poderão encontrar estações a cada 80 km, com sinalizações regulares sobre suas localizações.

O governo trabalhará com os estados, empresas privadas e organizações públicas para estabelecer as estações de recarga "para que haja zero emissões nas estradas de costa a costa do país", disse a Casa Branca em um comunicado.

Os fabricantes de automóveis elétricos Nissan, BMW, General Motors e uma série de companhias de energia participam da iniciativa.

A iniciativa também dará um maior apoio a empresas, estados e cidades que construam suas próprias frotas de automóveis elétricos, disse a Casa Branca.

"O governo de Obama tem o compromisso de dar passos responsáveis para combater as mudanças climáticas, aumentar o acesso a tecnologias limpas e reduzir nossa dependência do petróleo", indicou o texto.

Rotas de veículos elétricos dos Estados Unidos que já existem e as que estão pendentes. Rotas de veículos elétricos dos Estados Unidos que já existem e as que estão pendentes.

Atualmente há mais de 16 mil estações de recarga de automóveis elétricos no país, em comparação com as 500 de 2008, mas continuam sendo poucas em relação ao número de postos de gasolina, cerca de 150 mil, segundo dados da indústria, disse o comunicado.

Apesar dos significativos incentivos fiscais, o ritmo de aquisição de veículos elétricos é lento, em parte devido aos seus altos custos e ao baixo alcance das baterias para a maioria dos modelos, que os limita a viagens de curta distância.

***
Fonte: Phys Org. (*original em inglês).