New York: ambulantes ganham de graça 500 carrinhos de comida movidos à energia solar - São Paulo São


Em New York, chegam os carrinhos de comida para os vendedores ambulantes, movidos à energia solar. Eles fazem parte de um programa piloto concebido para reduzir as emissões de gases poluentes e dos riscos para a saúde.

O objetivo é fornecer uma alternativa para a preparação da comida e sua comercialização, baseada na energia limpa. Assim, a Big Apple (carinhoso apelido para a cidade de New York) promete ser o melhor lugar do mundo para se comer comida de rua, de nova geração e amiga do meio ambiente. 

Os carrinhos de comida são muito convenientes para as empresas do setor de alimentos, porque permitem o fácil acesso de produtos aos clientes. Porém, os carrinhos podem constituir um risco para a saúde e a segurança pública, por funcionarem, geralmente, com botijões de gás propano. 

Em uma cidade como Nova Iorque, encontra-se pelas ruas, pelo menos, 8.000 carrinhos de comida, e os efeitos negativos sobre o ambiente, dessas cozinhas sobre rodas, pode aumentar o impacto negativo sobre o meio ambiente da cidade, dos moradores e dos turistas. Sem contar que os “automóveis”, também são fontes de emissões de gases de efeito estufa e de poluição do ar.

Pelo menos, 500 novos carrinhos destes deverão chegar a New York até o meio do ano, para um período experimental graças a uma parceria entre a cidade e a MOVE Systems, criadora do MRV 100 cart.

O carrinho possui painéis fotovoltaicos, baterias recarregáveis, um gerador híbrido e uma cozinha móvel projetada para reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 60%, e em 95% as de óxidos de nitrogênio, um conhecido poluente da atmosfera, emitido pela combustão.

O projeto-piloto fornecerá gratuitamente 500 MRV 100 carts para os vendedores ambulantes de comida. O custo de um carrinho MRV 100 está entre 15.000 e 25.000 dólares. A ação é considerada um investimento importante para uma cidade mais verde e mais limpa, desta vez valorizando a tão amada comida de rua.

Simone Bastos para Professor Resíduo.