Ciclista ‘Hulk’ levanta carro que estava estacionado em ciclovia - São Paulo São


Já chegou na mídia internacional o video do ciclista brasileiro que, irritado com o Fiat Uno estacionado na ciclovia, levantou o carro com as próprias mãos e tirou o veículo do caminho.

O site RT.com chama o ciclista de ‘Hulk’. O vídeo, que foi divulgado ontem no YouTube e já contabiliza quase 1 milhão de visualizações, não especifica em qual cidade brasileira isso aconteceu.

Assista: https://youtu.be/luNGjffDjCs

A reação deste homem diante da falta de educação de um motorista que estacionou o carro em cima de uma ciclovia chama a atenção de milhares de internautas, desde a última segunda-feira. A cena, registrada em vídeo, mostra que, apenas com a força dos braços, o rapaz, que teve o passeio interrompido por um Fiat Uno no meio do caminho, tira o carro da pista destinada a ciclistas e, como quem não fez nada de mais, volta a pedalar tranquilamente.

O vídeo, gravado em alguma cidade brasileira, tem feito tanto sucesso quanto o ciclista, que foi prontamente aplaudido por pedestres que passavam pelo local no momento da intervenção. Em menos de um dia, as imagens foram vistas por mais de 700 mil pessoas no YouTube - e o número está subindo rápido. 

A repercussão também invadiu a rede social Reddit, onde internautas - a maioria de americanos - comentam o feito do brasileiro fortão. Muitos pararam para descobrir o peso do carro, para saber se o feito havia sido tão grande assim.

OK, o Uno não é dos carros mais pesados que existem por aí no mercado. Mesmo assim, é um peso e tanto. Na média, um carro desses - dos modelos mais antigos da série da Fiat - pesa cerca de 800 kg. Não é qualquer um que levanta esse peso todo, não é? E não é qualquer um, mesmo, que levanta um carro desses como quem levanta uma caixa de madeira, e depois sai pedalando.

Entre aplausos e curtidas, por parte do ciclista ficou a lição ao motorista mal educado, que, quando voltou, provavelmente encontrou o carro dele de um jeito diferente do que havia deixado. Talvez tenha sido melhor que ele não estivesse no veículo na hora em que o ciclista fortão passou...

Ps: O detalhe - e a menção honrosa - do vídeo vai para o rapaz de branco que chega para ajudar o fortão. Ele teve a sensibilidade de perceber, depois de esboçar abaixar para pegar o carro, que o ciclista herói não precisava de mãozinha nenhuma pra cumprir aquela tarefa.

Fontes: Bluebus e EXTRA