Negócios - São Paulo São

São Paulo São Negócios

Vinicius Melo, de 15 anos, passou parte da infância e da adolescência dentro de uma lan-house em Salvador, até 15 horas sentado na frente de um computador. Aos 9, quando descobriu a Campus Party, o maior festival de tecnologia e inovação do país, que acabou neste domingo em São Paulo, passou a juntar dinheiro num cofrinho, mas nunca conseguiu viajar à capital paulista. No ano passado, porém, houve uma edição do evento em sua cidade, e Vinicius foi à reunião da organização, que costuma pré-consultar engajados em tecnologia da comunidade.

Em outubro do ano passado, a Alphabet, empresa-mãe do Google anunciou que estava levando seus poderes de coleta de dados para fora do domínio puramente digital, para o espaço 3-D.

O Sidewalk Labs, seu empreendimento de inovação urbana, lançava oficialmente uma parceria com a cidade de Toronto, onde iriam experimentar como melhorar e otimizar as ruas da cidade, observando e entendendo como as pessoas vivem.

"Esta não é uma atividade aleatória sob a nossa perspectiva", disse o presidente da Alphabet Eric Schmidt na época. "Este é o ponto culminante, para nós, de quase 10 anos de pensamento sobre como a tecnologia pode melhorar a vida das pessoas".