São Paulo deve ganhar o primeiro edifício feito com madeira de reflorestamento - São Paulo São

Conhecida como a capital do aço e concreto, São Paulo pode abrigar o primeiro edifício totalmente feito de madeira certificada brasileira. O projeto é uma iniciativa da AMATA, empresa de gestão florestal e é assinado pelo estúdio de arquitetura brasileiro Triptyque.

A estrutura da torre será composta de Cross Laminated Timber (CLT), conhecida no Brasil como madeira laminada cruzada. Este material é feito basicamente de múltiplas camadas de madeira trançadas perpendicularmente. É um composto com muita tecnologia embutida, o que justifica sua utilização na construção de prédios elevados. Quando estão completamente montadas, as chapas de madeira são encaixadas e usadas como estrutura de sustentação. A madeira tem tratamento contra fogo, água e insetos. Essa será a primeira vez que um edifício será construído no Brasil utilizando madeira em toda sua estrutura. Cada 1m³ de madeira reflorestada absorveu uma tonelada métrica de CO² atmosférica do ambiente.

Imagem: Triptyque Architecture.Imagem: Triptyque Architecture.A área total será de 4.700 m². Baseado em um conceito de “multiuso compartilhado” e distribuído entre 13 pavimentos, o projeto final será utilizado como espaço para coworking, moradias, e também como restaurante. O objetivo principal da AMATA é criar um espaço que interage com o ambiente da cidade e ao mesmo tempo em sintonia com uma nova consciência ambiental. Esta foi uma das soluções achadas para ajudar a resolver um grande problema da construção civil: a altíssima taxa de emissões de carbono – 50% das emissões mundiais têm origem nesta atividade.

Imagem: Triptyque Architecture.Imagem: Triptyque Architecture.

Segundo Dario Guarita Neto, co-fundador e CEO da Amata, “edifícios com estrutura de madeira certificada são uma solução eficiente e podem servir como um impulso em direção a uma mudança na consciência ambiental das nossas sociedades, pois ao substituir recursos não renováveis com matérias-primas naturais, nós também ajudamos a criar uma cadeia mais limpa de produção e agregar valor às florestas certificadas. Isso pode diminuir a pressão por desmatamento”.

Imagem: Triptyque Architecture.Imagem: Triptyque Architecture.

***
Com informações AMATA / Triptyque Architecture.