Instagram promove 2ª edição do #InstaMarket para troca de experiências e apresentar exemplos de economia criativa - São Paulo São

Empreendedores que usam as redes sociais para alavancar seus negócios devem ficar atentos a esta iniciativa do Instagram no Brasil. Nos dias 25 e 26 de outubro a plataforma realiza a segunda edição do #InstaMarket, no Pavilhão da Bienal do Parque Ibirapuera, em São Paulo  (SP).

Nos dois dias, o Instagram abre espaço para que empreendedores discutam o futuro dos negócios e de quebra, aprendam a usar a plataforma como estratégia de alavancagem operacional. No local, os participantes vão encontrar cerca de 40 negócios independentes dos seguintes setores: arte, acessórios, moda, decoração, beleza e gastronomia.

Em nota, a plataforma informou que o intuito do evento é a troca de experiências entre empreendedores e apresentar exemplos de economia criativa. Além dos negócios, o #InstaMarket promoverá workshops gratuitos com o tema “Insta para Empresas”. As vagas são limitadas, logo os interessados devem fazer a inscrição por meio deste  link.

“Serão conteúdos voltados para quem quiser aprender mais sobre como utilizar as ferramentas criativas da plataforma e aprimorar a maneira como faz negócios, já que apenas no último mês, mais de 180 milhões de pessoas visitaram um website, ligaram, enviaram um e-mail ou mensagem pelo Direct , procurando mais informações sobre um negócio na plataforma”.

Mercado promissor

Dados da plataforma indicam que atualmente o cala tem mais de 15 milhões de contas comerciais, ou seja, de empresas de qualquer porte e ramo de atividade. “O evento reunirá parte dessas micro, pequenas e médias empresas brasileiras que têm no Insta a sua vitrine de negócios e que, agora, se encontrarão no mundo off-line”.

As vendas online têm grande potencial de crescimento no País e podem ser alavancadas com o uso das redes sociais. Grandes empresas como o Magazine Luiza, por exemplo, já usaram plataformas sociais para a venda de produtos e para os pequenos negócios, ter uma loja no Instagram ou no Facebook ,  pode ser a forma de empreender com custo mais baixo e bom resultado. 

***
Fonte: Brasil Econômico.



-->