'Identidade SP': um logotipo para cada bairro da cidade - São Paulo São


O casal Pedro Campos, designer, e Stella Curzio, jornalista, possuem um projeto pra lá de interessante que tem como objetivo criar um logotipo por bairro de São Paulo: o Identidade SP. A ideia já era inusitada o bastante, mas o casal não se contentou em “apenas” criar 450 logotipos, como também uma websérie, que explica a história do bairro e dos elementos utilizados no processo criativo.

Confira abaixo uma entrevista exclusiva!

Qual é a importância de uma representação visual de um bairro?
A simbologia permite que cada região seja diferenciada, facilitando assim o processo de escolha para atração de investimentos e turismo. Para os bairros novos ou pouco conhecidos, e até mesmo aqueles que não possuem patrimônios ou alguma característica aparente, incentiva e promove a importância do desenvolvimento local por meio do design. A marca, para estes casos, pode servir também como umbrella para produtos e serviços locais futuros. É o chamado place branding.

A marca estimula os sentidos e cria relações, por isso, é tão poderosa e fundamental na publicidade. É sempre a primeira necessidade de qualquer negócio. As marcas criadas pelo Identidade SP são, obviamente, diferentes de marcas institucionais, que tendem ao minimalismo. Para as marcas dos bairros, entendemos que o resultado deve ser um pouco mais literal e representativo, que conte, de certa forma, alguma história. Por isso, antes de ir para o papel, pesquisamos o significado do nome, os patrimônios históricos, histórias e a cultura de cada bairro. O design pode mudar completamente a forma como vemos algo.

Um exemplo são os Food Trucks. Esta prática sempre existiu em São Paulo, porém os carros dificilmente se destacavam na cidade se misturavam na paisagem cinza. Hoje vemos carros coloridos com projetos de design maravilhosos o que agrega um valor fundamental no poder de decisão para com os consumidores. Com os bairros funciona da mesma maneira. Resgatamos algumas histórias que permitem, de forma lúdica, o aprendizado de algo que está se perdendo com as gerações mais velhas. Esperamos que esta ideia contribua para que cada bairro desenvolva sua identidade assim como o bairro da Liberdade, que apesar de precisar de uma revitalização urgente , ainda assim tem um enorme movimento turístico. No fim, queremos incentivar as pessoas para transformar São Paulo num local mais agradável de viver.

Qual o impacto esperado com um visitante da cidade ao conhecer a história de um bairro por meio de um logo?
Segundo pesquisas, para algumas pessoas, a positividade e intensidade emocional com determinadas marcas ou produtos possuem similaridades se comparadas ao sentimento desperto por aquelas pessoas não tão próximas, mas que provocam alguma empatia e esta relação é o que buscamos com o Identidade São Paulo. Queremos criar ou fortalecer o elo entre as pessoas e seus bairros, despertando o sentimento de cuidado e zelo, contribuindo para a divulgação da história, preservação de patrimônios e das tradições dos bairros paulistanos.


Como é o processo criativo na busca dos elementos que vão compor o logo?

Começando com a pesquisa da origem e significado do nome de cada bairro, estudo cuidadosamente quais são os principais pontos históricos de cada região, movimentos culturais importantes, fatos relevantes que modificaram de certa forma a característica e cultura de cada bairro. Nesse momento então, começo a rabiscar os elementos que considero mais importantes, crio o contexto e vou trabalhando todos os detalhes até finalizar a criação do logotipo definitivo. Conto com a ajuda de minha esposa e sócia, a jornalista e fotógrafa Stella Curzio, para todo o processo de pesquisa. É ela quem me auxilia a estudar na busca por referências sobre os bairros nas mais diversas fontes como livros antigos, artigos, internet e em dicionários da língua tupi o significado dos nomes e, quando há oportunidade, visita os bairros pessoalmente para conversar com moradores no intuito de descobrir percepções e lendas urbanas que somente moradores de longa data podem oferecer. Depois, conversamos e analisamos quais são os pontos mais relevantes que representam o bairro em questão.

Quanto tempo é gasto mais ou menos com cada marca?
É relativo, pois alguns bairros preservaram muito bem sua história tornando nosso trabalho de pesquisa muito mais fácil mas, algumas vezes, temos que garimpar informações. No processo, descobrimos versões diferentes do significado do nome e até dos fatos históricos sobre a fundação de cada região o que, por vezes, acaba influenciando o nosso planejamento. Tentamos publicar pelo menos um logotipo por semana. Mas como o projeto não gera renda, temos que administrar nosso tempo entre o trabalho e o Identidade São Paulo, o que dificulta manter até mesmo a publicação de um logotipo por semana. O logotipo do Bairro do Ipiranga foi um dos mais demorados. A pesquisa foi bem tranquila, pois, devido sua importância histórica para o país, não tivemos dificuldade alguma, porém, uma vez que decidimos representar o Museu, o trabalho de criação foi o que tomou mais tempo devido aos detalhes da arquitetura Museu.


Qual é o desafio ao pensar no logo de um bairro mais desconhecido por você?
Encontrar informações. Para criar o logotipo, precisamos do maior número de informações possíveis sobre o bairro. Só depois então, começo a pensar no processo criativo. Muitos bairros não tem informações oficiais da data de fundação, referências culturais, muitos moradores desconhecem a real história do local e a associação de moradores do bairro e até mesmo a subprefeitura não tem material complementar. Isso não ocorre em todos os bairros desconhecidos por nós mas, em alguns casos, optamos por utilizar as informações de bairros mais próximos, como ocorreu com o bairro Cursino, que até onde pesquisamos, não existe data oficial de fundação e optamos por usar a data do Ipiranga, seu bairro limítrofe.

Por que fazer uma websérie? De que maneira ela completa o projeto?
A websérie veio para complementar o projeto (ideia incrível da Stella). É um complemento visual mais forte, partindo para o entretenimento, para que os logotipos sejam inseridos na história de cada bairro de forma mais dinâmica. O programa é inteiro elaborado e apresentado por ela, o que deixa ainda mais incrível! Compartilhamos a direção e direção de cada episódio e vamos até os bairros mostrar de onde surgiram as nossas inspirações para as criações dos logotipos e contamos um pouco sobre a história do local, fortalecendo ainda mais o processo de identificação dos bairros e logotipos por meio dos monumentos históricos, pontos turísticos, então basicamente, vamos até as construções representadas em nossos logotipos para que as pessoas associem as ilustrações ao bairro.

Após terminar o Identidade SP dos bairros da cidade, já pensou em fazer algo diferente, como o logo das cidades do Estado de São Paulo?
Sim. O projeto segue. Nossa meta é finalizar São Paulo e na seqüência começarmos Rio de Janeiro, com o “Identidade Rio de Janeiro” e assim seguir com as grandes capitais do Brasil, como Distrito Federal, Belo Horizonte, Salvador, etc.


Fonte: Redação Visite SP.




-->