Ações - São Paulo São

São Paulo São Ações

A poesia falada por aqueles que foram silenciados ganha os "palcos" das ruas e das praças. Esse é o objetivo dos slams. "A poesia tem ajudado muitas pessoas, aquelas que sofrem caladas. Ela as tira da violência do cotidiano. Percebemos isso a cada dia com pessoas que passam por lá", afirma o educador Charles Monteiro de Jesus, um dos organizadores do Slam Resistência, programa de todas as primeiras segundas-feiras de cada mês na Praça Roosevelt, na região central de São Paulo.

O Brasil registra atualmente cerca de 38 mil mortes a cada ano em decorrência de acidentes de trânsito e mais da metade das vítimas são pedestres, ciclistas e motociclistas. Esse número alto e é um resultado claro da falta de segurança viária nas cidades. Duas grandes capitais brasileiras, São Paulo e Fortaleza, já estão reduzindo seus índices de fatalidades no trânsito através de medidas como velocidades mais baixas nas vias e readequação de infraestruturas viárias. Para além disso, elas podem ser as primeiras cidades brasileiras a adotar a Visão Zero e os Sistemas Seguros - abordagem e planejamento caracterizados por metas ambiciosas de redução de acidentes e que atribuem qualquer falha ao sistema de trânsito, não ao erro humano.

Em fase inicial de dois meses, operações serão assistidas entre estações Engenheiro Goulart e Aeroporto e não será cobrada tarifa.
Foto: Denis Castro / Facebook Paparazzi Ferroviário.

A promessa de um trem que liga o Centro da capital ao Aeroporto Internacional de Guarulhos data do início dos anos 2000, tendo sida anunciada para a Copa do Mundo de 2014. Na madrugada da última quinta-feira (22), duas composições da CPTM percorreram os 12,2 quilômetros da linha 13-Jade, desde a estação Engenheiro Goulart até o terminal e a linha que ligará o centro de São Paulo ao Aeroporto Internacional de Guarulhos recebeu os primeiros testes práticos para operar.

A Prefeitura do Rio de Janeiro, lançou, na última segunda-feira (26), o primeiro Plano Municipal de Economia Solidária da cidade. O plano pretende estimular esse setor da economia e dar as diretrizes para seu crescimento. As atividades envolvem produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo e consumo solidário.