Sorrisos gigantes estão espalhados por pontos turísticos de São Paulo - São Paulo São

O Parque Villa-Lobos, o Parque da Juventude e o Parque da Água Branca são alguns dos pontos que receberam uma das 10 instalações com esculturas de sorrisos gigantes. A iniciativa faz parte do projeto “Sorriso para Todos”, que tem como objetivo promover as artes visuais, a música, a arte e a cultura.

O lançamento da ação aconteceu na última quinta-feira, 27 de abril (em homenagem ao Dia do Sorriso),  simultaneamente em Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo e reuniu pessoas, arte, música e sorrisos. Em cada uma dessas cidade, um músico se apresentou ao vivo. O projeto destaca obras de cinco artistas brasileiros que aplicaram suas técnicas variadas em placas de acrílico que, sobrepostas, formam um sorriso gigante cheio de texturas e pontos de vista. Nos mesmos moldes da “Cow Parade”, que surgiu na Europa e chegou até aqui. Ao todo, 22 peças ficam espalhadas por essas cidades até 28 de maio.

A interatividade fica por conta de um Audio Guide, ferramenta que permite a acessibilidade e a interação entre a obra e o público, com descrição das esculturas. Como não poderia faltar, o público ainda pode compartilhar a iniciativa nas redes sociais por meio da hashtag #SorrisoParaTodos.

Foto: Divulgacão.Foto: Divulgacão.Iniciativa do Ministério da Cultura com patrocínio da Colgate, o projeto nasceu para incentivar o interesse pela arte e, ao mesmo tempo, estimular o sorriso das pessoas que passam em frente às obras. A ação tem como proposta gerar reflexão sobre ‘O que faz você sorrir’ promovendo, também, uma viagem para os melhores momentos da vida das pessoas.

Em São Paulo, a exposição se divide em dois circuitos. Um de Nário Barbosa – com heranças do passado e os mais de 20 anos como fotojornalista o artista reúne técnicas variadas para traçar uma releitura muito peculiar de imagens do cotidiano, na qual os momentos ganham a alegria das cores. Confira onde encontrar as obras: Metrô Santana, Parque da Juventude, Terminal Rodoviário Tietê, Terminal Rodoviário da Barra Funda e Parque da Água Branca. 

Já o pintor e desenhista Adriano Franchini , entre traços, pinceladas e fitas, extrapola diversas plataformas e técnicas. O artista aborda diversos temas com uma ampla paleta de cores, as esculturas podem ser vista nos Metrôs Sé, Trianon, Paraíso, Vila Madalena e Parque Villa-Lobos. 

Confira  o making of da produção no link: https://youtu.be/XkSfr8AnQww

Endereços

  • Metrô Trianon – Av. Paulista – Jardins.
  • Metrô Paraíso – R. Dr. Eduardo Amaro, 14 – Paraíso.
  • Metrô Vila Madalena – R. Heitor Penteado, 1289-1325 – Sumarezinho.
  • Parque Villa Lobos – Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 2001 – Alto de Pinheiros.
  • Metrô Santana – Avenida Cruzeiro do Sul, 3173 – Canindé.
  • Parque da Juventude – R. Manuel dos Santos Neto, 23 – Santana.
  • Terminal Rodoviário da Barra Funda – Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda.
  • Parque da Água Branca – Francisco Matarazzo, 643 – Água Branca.

O futuro é um grande motivo
Além disso, o projeto conta com a participação de diversas instituições para que as crianças atendidas por elas tenham a oportunidade de aprender a exercitar o olhar e conhecer a importância da arte em nosso dia a dia. Toda quarta-feira acontecem visitas guiadas essas ONGs de São Paulo para percorrer o circuito do sorriso e assim promover o acesso à cultura e disseminar a arte para mais pessoas. Confira as participantes convidadas:


***
Fonte: São Paulo Para Crianças.