CPTM faz primeiros testes na linha Jade que liga São Paulo ao aeroporto de Guarulhos - São Paulo São

Em fase inicial de dois meses, operações serão assistidas entre estações Engenheiro Goulart e Aeroporto e não será cobrada tarifa.
Foto: Denis Castro / Facebook Paparazzi Ferroviário.

A promessa de um trem que liga o Centro da capital ao Aeroporto Internacional de Guarulhos data do início dos anos 2000, tendo sida anunciada para a Copa do Mundo de 2014. Na madrugada da última quinta-feira (22), duas composições da CPTM percorreram os 12,2 quilômetros da linha 13-Jade, desde a estação Engenheiro Goulart até o terminal e a linha que ligará o centro de São Paulo ao Aeroporto Internacional de Guarulhos recebeu os primeiros testes práticos para operar.

A viagem foi feita por técnicos da companhia como uma espécie de ‘vistoria’ de toda a linha, para verificar se está em condições de segurança e de uso. Segundo a CPTM, a previsão é inaugurar parcialmente o trajeto no dia 31 de março, já que os sistemas de operação automatizada não devem estar totalmente instalados neste primeiro momento. 

A estatal informou, ainda, que a linha 13-Jade irá funcionar apenas nos fins de semana ao longo do mês de abril, das 10h às 15h, com intervalos de 30 minutos entre um trem e outro.

Flagrante

Os primeiros testes da linha 13-Jade foram realizados na semana passada. Foto: Denis Castro / Facebook Paparazzi Ferroviário.

O primeiro teste da linha foi flagrado e postado nas redes sociais, já que a CPTM não o divulgou antecipadamente. Nas imagens é possível ver os trens passando lentamente pelo viaduto estaiado das rodovias Ayrton Senna e Hélio Schmidt, que se cruzam em Guarulhos.

“A CPTM está em fase de conclusão dos testes estáticos e dinâmicos de carga e de sistemas. Esses testes são realizados com trem de passageiro e ocorrem durante a madrugada", diz nota. A Companhia informou também que, como se tratava do primeiro deslocamento, foi preciso que um veículo de inspeção circulasse pelos trilhos para verificar as condições da via. Somente depois disso é que um primeiro trem se aproximou do viaduto em velocidade mais baixa. Mais tarde, o segundo trem na via ao lado fez o mesmo procedimento. 

De acordo com a CPTM, o funcionamento inicial será gratuito. Foto: Denis Castro / Facebook Paparazzi Ferroviário.

Ainda segundo a estatal, o mês de abril será usado para a finalização dos sistemas e os testes com os trens, entre segunda e sexta-feira. Quando este procedimento terminar, a linha deverá abrir em horário reduzido e sem cobrança de tarifa também durante a semana. Aos poucos, esse período será expandido até chegar ao horário normal previsto.

Percurso

A Linha 13-Jade terá 12,2 km de extensão e três estações: Engenheiro Goulart (na Zona Leste de São Paulo), Cecap e Aeroporto de Guarulhos (em Cumbica). Dos 12,2 km da linha, 8 km serão elevados e passarão em cima da rodovia Ayrton Senna, do Parque Ecológico Tietê e rodovia Presidente Dutra.

A promessa de um trem que liga o Centro da capital ao Aeroporto de Guarulhos data do início dos anos 2000. Imagem: CPTM / Divulgação.

De acordo com a CPTM, o funcionamento inicial será gratuito. Já em maio, a ideia é estender a operação para todos os dias da semana, embora a companhia não tenha revelado se o horário também será ampliado. Por fim, em junho, a estimativa é de que a operação comercial funcione das 4h à 0h, já com cobrança de passagem entre R$ 5 e R$ 10.

Oficialmente, a linha começará operando apenas nos finais de semana no mês de abril. Imagem: CPTM / Divulgação.

A partir disso, a CPTM pretende oferecer três serviços aos passageiros: o regular, entre as estações Engenheiro Goulart e Aeroporto Guarulhos, com intervalo de 12 minutos e tempo de viagem de 15 minutos; a “Connect”, com partidas da estação Brás a cada 24 minutos e que funcionarão em conjunto com as viagens regulares; e a “CPTM Airport-Express”, o serviço expresso saindo da Luz e sem paradas até o aeroporto. Nesse caso, haverá uma cobrança de tarifa entre R$ 8 e R$ 10 com início em julho.

O Governo do Estado de São Paulo também anunciou que o percurso terá oito trens com bagageiros, totalizando 64 carros.

Leia também: .


***
Da Redação, com informações da CPTM.