O fluxo do dia do trabalhador no último parque do último bairro da ZN - São Paulo São

À margem da Serra da Cantareira, está um dos últimos bairros da Zona Norte de São Paulo, o Jardim Damasceno. De um lado, um morro com casinhas a perder de vista. Do outro, só mato. E bem no meio dessa comunidade com cerca de 20 mil habitantes, o Parque Linear Canivete é um um dos poucos lugares de curtição para os moradores da região. Muitas das ruas tortas dos arredores do bairro abrigam favelas e a situação econômica das pessoas que moram lá é, em geral, de pobreza. Isso fica claro com os números do Censo de 2010 que apontam: mais de 70% da geral do bairro ganha no máximo dois salários mínimos. Foi nesse cenário que rolou no último dia 1º de maio uma festa em comemoração ao Dia do Trabalhador.

Quão legal é o fluxo legal?

O evento, que foi divulgado na página de Facebook do Fluxo Das quebradas ZN, estava marcado para as 15h e teria vários shows, que começariam por volta das 18h. Apesar de ter o apoio da Subprefeitura Freguesia do ?"/Brasilândia com uma das atrações da Virada Cultural na Quebrada, a festa foi pensada e organizada pelo Nego, apresentado à nossa reportagem como líder da comunidade - não quiseram nos dizer seu nome, "chama de Nego mesmo", avisaram. As atrações esperadas para a festa variavam do pagode ao funk. Inicialmente, oito MCs estavam confirmados para cantar nesse primeiro de maio. Trocamos ideia com a rapaziada que foi ao parque curtir procurando saber o que a data significava para eles.

Logo no começo do rolê, o pessoal que estava trabalhando na organização foi bem enfático ao dizer que dificilmente ele falaria com a imprensa ou tiraria foto. As vezes em que ele apareceu durante o evento, o vimos ou circulando com suas correntes douradas de todos os tamanhos possíveis no pescoço e cumprimentando meio mundo, ou no palco dando uma pá de recados pra galera: curtir de boa sem causar tumulto e andar pelo caminho certo. "Se você tiver bebido demais e quiser se meter em alguma briga, vai pra casa. Não vai estragar o rolê dos outros, beleza?", avisava ele.

Leia a matéria completa de Larissa Zaidan no thumphttp://bit.ly/1KNaiJa