15 notáveis infraestruturas pelo mundo, voltadas para bicicletas e ciclistas - São Paulo São


Uma infraestrutura de ciclismo bem desenvolvida é uma característica fundamental de toda cidade, especialmente as mais desenvolvidas. Nestes lugares, milhares de pessoas se deslocam de bicicleta diariamente e segurança e praticidade são essenciais. Isto não significa que precisamos apenas de ciclovias segregadas - aquelas sem circulação compartilhada com os carros - mas, muito mais, como pontes, túneis e lugares seguros para estacionar.

Para celebrar os locais que pensam e dão importância aos ciclistas, segue lista mostrando adaptações de infraestrutura que são exemplos a serem seguidos. São 15 ao todo.

Ponte estaiada Don Burnett em Cupertino, na Califórnia (EUA)

California Daily LifeCalifornia Daily Life

15-15-
Inaugurada em 2009, ela também é conhecida como ponte Mary Avenue e serve para o trânsito de pedestres e ciclistas.

Ponte Big Dam, em North Little Rock, no Arkansas (EUA)

BIG DAM BRIDGEBIG DAM BRIDGE
Inaugurada em 2006, ela cruza o rio Arkansas. Com 1,2 quilômetros de comprimento, esta é a ponte mais longa da América do Norte construída exclusivamente para o uso de pedestres e bicicletas.

Ponte Nesciobrug, em Amsterdã (Países Baixos)

13-13-

1313
Com 780 metros de comprimento, esta é a ponte para ciclistas mais longa e, provavelmente, mais elegante da Holanda. Foi concluída em 2006.

Garagem para bicicletas da Estação Central de Amesterdã (Holanda)

12--12--

12-12-

European VacationEuropean Vacation
No país em que a bicicleta é até mesmo uma atração turística, este meio de transporte é colocado em primeiro plano no planejamento urbano. Inaugurado em 2001, esta garagem especial pode acomodar 2.500 bicicletas em seus três níveis.

Bikedispenser, em Eindhoven (Países Baixos)

1111
Este sistema automatizado ajuda no armazenamento e compartilhamento de bicicletas de aluguel. Inspirados nas boas e velhas máquinas de venda automáticas, esses depósitos funcionam com um sistema de self service.

Hovenring, em Eindhoven (Holanda)

1010

10-10-
Projetado pela companhia Ipv Delft e inaugurado em 2013, este espetacular viaduto circular é uma via suspensa para ciclistas e pedestres. Ele fica na província de Noord-Brabant e é o primeiro de seu tipo no mundo.

Ponte Weerdsprong, em Venlo (Holanda)

99

9-9-
Com um projeto de iluminação especial, esta ponte é mais uma das estruturas dedicadas à circulação de ciclistas e pedestres e também foi projetada pela Ipv Delft.

Viaduto sobre a grande e movimentada Auke Vleerstraat, em Enschede (Holanda)

88

8-8-
Mais um dos projetos da Ipv Delft, este viaduto agiliza e garante a segurança dos usuários das bicicletas desde 2011.

Túnel sob ruas movimentadas, em Zwolle (Holanda)

77
Este túnel tem uma calçada larga para os pedrestres circularem tranquilos e uma via de mão dupla para as bicicletas.

Estacionamento de bicicletas, em Zoetermeer (Holanda)


66
Ainda que não tenha um design muito surpreendente como vimos nos outros tópicos, este galpão cumpre sua função e é para uso exclusivo dos ciclistas.

Caixa para bicicletas de carga, em Copenhague (Dinamarca)

55
Voltada para este tipo específico de bicicleta, tem o formato de um carro cor-de-rosa.

Segundo Heinenoordtunnel (Países Baixos)

44
Este túnel para ciclistas e pedestres é de faixa lenta e liga as cidades de Heinenoord e Barendrecht, passando sob o rio Maas Oude.

Eco-Cycle subterrâneo, em Tóquio (Japão)

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA
Quem está passando na rua não tem ideia de quão genial esta casinha verde é. O Eco-cylce é um sistema de estacionamento de bicicletas japonês, desenvolvido pela Giken. O que aparece na imagem fica escondido debaixo da terra.

Eco-Cycle acima do solo, em Ebina (Japão)

11
Ao contrário do anterior, este estacionamento é um prédio e tem capacidade para 720 bicicletas.

Ônibus com bicicletário, em Vancouver (Canadá)

33

De todas as ideias apresentadas aqui, esta é, provavelmente, a de mais simples aplicação. Colocar um suporte para bicicletas na frente dos ônibus dá mais garantias que outros motoristas não vão estragar os veículos e permite que ciclistas se desloquem por distâncias mais longas de maneira mais rápida.

***

Fontes: Gizmodo, Eco-Cycle, HypeScience.