Encontros - São Paulo São

São Paulo São Encontros

A Semana Internacional de Música de São Paulo já se tornou um dos eventos mais importantes do país quando o assunto é reunir participantes dos mais diversos aspectos da indústria da música.

Ano após ano a SIM oferece mais possibilidades para seus frequentadores no Centro Cultural São Paulo e em 2017 não será diferente, com painéis, speed meetings, showcases, palestras e muito mais.

Ali Barter, cantora e compositora de Melbourne, Austrália. Foto: Divulgação.

A Semana Internacional de Música (SIM) de São Paulo acontece entre os dias 6 e 10 de dezembro. Os shows, gratuitos e abertos ao público, acontecem no Centro Cultural São Paulo (CCSP). Esse ano a SIM expandiu seu alcance no CCSP e também irá ocupar a área do jardim suspenso, onde será montado o Espaço Spotify com debates, coquetéis e pocket shows de artistas nacionais e internacionais.

Metade da programação é formada por mulheres, e se apresentam cantoras como Tiê, Ana Muller, Linn da Quebrada e Xênia França. Entre as atrações internacionais estão as bandas The Gift, de Portugal, Luciano Supervielle, do Uruguai, e Vox Sambou, do Canadá e Haiti.

SIM - Abertura

Foto: Felipe Diniz.

A festa de abertura da Semana Internacional de Música de São Paulo já virou tradição entre os seus credenciados. Marcada para o dia 6 de dezembro, na Casa Natura Musical, a partir das 21h, a noite de abertura reúne em sua programação a cantora Ava Rocha e o cantor e compositor Jards Macalé. Separados por décadas de carreira, mas aproximados pelas nuances psicodélicas, ambos artistas acabam de ganhar mais um ponto em comum: foram selecionados pelo edital Natura Musical para 2018. Neste ano, o programa teve 33 projetos contemplados, tendo como ponto de partida a efervescência da música brasileira e sua enorme capacidade de reverberar o novo momento do país e do mundo.

Foto: Diego Ciarlariello.Ava Rocha e Jards Macalé terão momentos juntos e sozinhos no palco, enquanto a DJ Donna aquece o som do ambiente antes e depois deste encontro tão especial. Representante da cultura urbana e alternativa brasiliense, a artista aparece na programação como chave para falar sobre mulheres e feminismo na música negra brasileira, com boas doses de rap, R&B, afrobeat, entre outras vertentes.

A quinta edição da SIM São Paulo tem continuidade nos dias 7, 8 e 9 de dezembro, quando concentra a programação diurna da Conferência e de Networking & Business no Centro Cultural São Paulo. A programação noturna, por sua vez, se espalha pela cidade nos dias 7, 8, 9 e 10 de dezembro, com mais de 130 apresentações distribuídas por 24 casas de shows da capital paulista.

Serviço

SIM - Semana Internacional de Música em São Paulo 
Quando: de qua. (6) a dom. (10/12)
Onde: diversos locais; programação em http://www.simsaopaulo.com.br/
Quanto: R$ 280 (credencial no segundo lote; showcases são gratuitos).

***
Com informações da SIM - Semana Internacional de Música em São Paulo.

Com 20 artistas circenses e 15 atores no elenco, a Noite de Gala do Circo, que acontece nos dias 9 e 10 de dezembro, com entrada gratuita, promete marcar as comemorações do Dia do Palhaço (10 de dezembro) com uma experiência artística inédita.

Para esta edição, o diretor teatral Nelson Baskerville foi convidado para assinar a direção geral do evento que conta também com Hugo Possolo na direção de Circo. Hugo selecionou artistas das mais diversas habilidades, sendo parte deles integrantes de importantes grupos para produzir um espetáculo contemporâneo e pulsante que dialogue profundamente com a cidade de São Paulo.

“Comemorar esta data especial para o circo no Theatro Municipal mostra a importância que a nossa gestão dá para o mundo do circo, oferecendo o mais nobre palco da cidade a esta arte”, ressalta o secretário municipal de Cultura, André Sturm.

O tema da encenação é “O vidro na visão do passarinho”. O espetáculo é estruturado em oito blocos temáticos que serão apresentados aproximadamente de 90 minutos e propõe reflexões acerca do vidro, suas qualidades, simbologia e paradoxos. São eles: a criação do vidro, transparência, espelho, o vidro como separação, a solidão atrás do vidro, o vidro na visão do passarinho, a fragilidade do vidro e cacos de vidro.

Artistas multilinguagens

Durante toda a encenação o palco do Municipal estará preenchido pelos artistas propondo imagens, apresentando números, realizando cenas, interagindo com a cenografia, vídeos e trilha sonora numa representação múltipla da cidade que não para e em que tudo acontece simultaneamente. O circo e suas cores irrompem contrapondo a rotina da cidade.

"Circo Crossroad - Contos Urbanos", encenado pelo grupo ParaladosanjoS,  Foto Divulgação.Entre as atrações está a Cia. ParaladosanjoS, que revisita uma de suas obras mais significativas: Crossroad – Contos Urbanos, que traz ao palco figuras do universo alternativo da cidade de São Paulo. Também serão realizados duos acrobáticos aéreos e coreografias coletivas como as cenas que acontecem em espaços simulados como um andaime e o metrô.

A Noite de Gala do Circo também contará com Virgínia Rodrigues, cantora das mais respeitadas no circuito dos mais importantes festivais de jazz e world music mundo afora.

Virginia Rodrigues. Foto: Divulgação.

Uma das intenções ao convidar Nelson Baskerville para assumir a Direção Geral desta edição da Noite de Gala do Circo foi propor uma nova abordagem ao evento agregando elementos teatrais contemporâneos e propondo um novo enfoque ao Circo. Nelson é considerado um dos mais importante e atuantes diretores teatrais paulistanos, venceu o Prêmio Shell 2010 de Melhor Direção pelo espetáculo “Luis Antonio-Gabriela”, entre outros. Sobre o espetáculo, ele considera “uma homenagem à cidade de São Paulo e aos artistas. Na frenética São Paulo, que a todo o momento se constrói e recontrói, o circo e seus artistas permanecem”. 

A encenação conta ainda com importantes nomes das artes cênicas como Marisa Bentivegna na Cenografia, Marichilene Artisevskis nos Figurinos, Wagner Freire na Iluminação, Daniel Maia na Trilha Sonora, Laerte Késsimos no Audiovisual e Claudinei Hidalgo no Visagismo.

Ficha Técnica

Direção Geral: Nelson Baskerville.
Direção de Circo: Hugo Possolo.
Elenco: Armário das Almas Cantantes (Cibele Scalesi, Maiza Menezes, Munique Tavares e Priscila Cereda), Daniel Wolf, Gêmeas Dias (Nathalia e Nayara Dias), César Rossi, Patrícia Pantaleão, Cia. Paraladosanjos (Leo Mologni, Leonardo Steinberg, Marcos Becker, Marília Ennes e Marikawa), Palhaço Biribinha e Palhaço Mixuruca, Paulo Maeda e Helder Vilela, Verônica Ned. 
Participação Especial: Virgínia Rodrigues.

Serviço

Theatro Municipal de São Paulo – Praça Ramos de Azevedo, s/n - República, São Paulo - SP.
Sessões: dias 09 e 10 de dezembro. Sábado às 20h. Domingo às 18h.
O evento contará com tradução e interpretação para LIBRAS.
Ingressos gratuitos distribuídos duas horas antes do início da sessão.
Classificação: Livre.
Duração: 90 minutos.

***
Com informações da SMC / PMSP.

O Memorial da América Latina, em São Paulo, será palco desta sexta-feira até domingo do “Festival Origem”. Com o objetivo de mostrar que a conexão entre campo e gastronomia pode ser sustentável, o evento, com entrada gratuita, reunirá chefs, produtores e pesquisadores engajados numa relação mais transparente e respeitosa com os recursos naturais para discutir de onde vêm os alimentos que comemos.

O festival vai reunir chefs, produtores e pesquisadores – no auditório e nas cozinhas montadas no Memorial da América Latina. Foto: iStock.

Trata-se de uma tendência global de buscar mais informações sobre os produtos que levamos para casa. As pessoas querem saber a história por trás daquilo que consomem. Hoje, temos mais perguntas que respostas - diz Alexandre Mansur, editor-executivo da revista “Época”, que realiza o festival numa ação conjunta com as revistas “Globo Rural” e “Casa e Jardim” da Editora Globo.

Mas o “Festival Origem” não vai se limitar a traçar o caminho sustentável dos alimentos do campo à mesa por meio de debates, oficinas e palestras. Em paralelo, o público poderá se deliciar com as criações de dez restaurantes e food trucks em uma praça de alimentação, além de fazer compras em uma feira de produtores rurais realizada com o apoio da Sociedade Rural Brasileira. A iniciativa reunirá cerca de 30 expositores com o objetivo de levar aos consumidores alimentos com os melhores sabores brasileiros.

- A missão do “Festival Origem” é celebrar a alimentação que é boa para as pessoas e para o planeta, com a disseminação de informação e práticas que fazem a diferença. Vamos facilitar a busca do público por qualidade de vida, fortemente associada à alimentação - diz Fernando Luna, diretor editorial da Editora Globo.

Food truck vegetariano Veggies na Praça. Foto: Divulgação.Entre os participantes confirmados do evento estão Jefferson Rueda, chef da Casa do Porco, que vai falar de sua pesquisa com suínos que transformou seu restaurante focado no animal em uma atração do Centro de São Paulo; Bel Coelho, chef do restaurante Clandestino; Ivan Ralston, chef e proprietário do restaurante Tuju; Renato Caleffi, chef do restaurante Le Manjue; Paulo Barreto, pesquisador do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia; e Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu, entre outros.

Serviço

Festival Origem
Dias 1º de dezembro, das 17h às 21h, e 2 e 3 de dezembro, das 10h às 22h.
Memorial da América Latina - Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda, São Paulo.
Inscrições para as atrações do evento e ingressos no site www.festivalorigem.eco, que também traz mais detalhes sobre a programação e os participantes.

***
Fonte: Jornal O Globo.

Celebrado em 2 de dezembro, o Dia Nacional do Samba terá, em São Paulo, uma programação especial para comemorar a data. Promovida pela Secretaria Municipal de Cultura, a série de shows traz nomes relevantes da cena do samba ao Centro da cidade.  

“O samba é um estilo musical querido dos paulistanos. Com essa comemoração ao ar livre, a SMC quer reunir o público em pontos estratégicos do Centro para dançar e se divertir, honrando o legado dos grandes sambistas e abrindo espaços para as novas vozes do gênero”, pontua o secretário André Sturm. 

A Praça do Patriarca inicia as comemorações no dia 1º de dezembro, às 18h, com o show do grupo Samba de Rainha, que recebe como convidada a cantora Marina de La Riva, para homenagear as grandes vozes femininas deste gênero musical. O repertório conta com músicas de Clara Nunes, Dona Ivone Lara e Alcione.

No dia 2, é a vez do Boulevard São João receber uma programação especial, com apresentação das rodas de samba da Comunidade Pagode da 27 e sua convidada  especial, a sambista Fabiana Cozza, que trazem ao palco o samba de raiz e releitura de clássicos, às 16h.

O compositor Monarco da Portela, referência do samba nacional, se apresenta no Coreto da Praça Antonio Prado, no dia 8 de dezembro, às 18h, com o grupo Terreiro de Compositores, um movimento cultural da zona leste que traz canções autorais interpretadas em rodas de samba semanais.

Monarco da Portela, se apresenta no Coreto da Praça Antonio Prado, com o grupo Terreiro de Compositores. Foto: Oscar Moura.O grupo Na Palma da Mão, em conjunto com o cantor Royce do Cavaco, faz uma roda de samba com sucessos de várias épocas no dia 9 de dezembro, às 16h, na Praça da República.

Para finalizar a programação no Centro, o samba de terreiro será reverenciado pelo Glória ao Samba na Praça das Artes, no dia 10 de dezembro, a partir das 14h. Em homenagem aos dez anos de formação,  rodas de samba apresentarão repertório de sambas de quadra, sambas-enredo de escolas que estão fora do eixo das grandes escolas cariocas, além de samba de terreiro.

Completando a programação, a Casa de Cultura de Santo Amaro recebe o tradicional Samba da Vela às segundas-feiras, às 20h. Já, a Casa de Culturado M’Boi Mirim recebe, no dia 3, o grupo Samba da Cultura, às 18h.

A programação 

Comunidade Pagode da 27. Foto: Nego Júnior.Centro

Samba de Rainha convida Marina de La Riva
Dia 1º, às 18h.
Praça do Patriarca.

Pagode da 27 convida Fabiana Cozza 
Dia 2, às 16h.
Boulevard São João. 

Terreiro de Compositores convida Monarco da Portela
Dia 8, às 18h.
Coreto da Praça Antonio Prado. 

Na Palma da Mão convida Royce do Cavaco 
Dia 9, às 16h.
Na Praça da República. 

Glória ao Samba
Dia 10, às 14h.
Na Praça das Artes.

Casas de Cultura 

Samba da Vela
Às segundas-feiras, sempre às 20h.
Casa de Cultura de Santo Amaro. 

Samba da Cultura
Dia 3, às 18h.
Casa de Cultura do M’Boi Mirim.

Todas as apresentações são gratuitas. 

***
Com informações de Secretaria Municipal de Cultura.

Por causa do vestibular da Fuvest, a Prefeitura Regional da Sé informa que suspendeu o Programa Ruas Abertas na Avenida Paulista, exclusivamente, neste domingo, (26/11/2017).

Foto: Subprefeitura de Perus.

Os paulistanos já se acostumaram com a feliz mistura de gente na Paulista aos domingos e vai ser estranho andar por lá e ver carros em vez de bicicletas, pedestres e pessoas sentadas na rua.

Mas talvez seja uma boa hora de conhecer as outras ruas que fecham para os carros no domingo. O programa Ruas Abertas começou há alguns anos e deveria ter uma rua em cada Prefeitura Regional. Em algumas, porém, o programa foi desativado, sem muitas explicações. Mas há muitas opções ainda, que merecem ser exploradas.

Rapel na Avenida Sumaré. Foto: Mauro Calliari.

A Av. Sumaré, por exemplo, tem até um festival nesse domingo: Festival Sumaré aberta, além da chance de ver o pessoal fazendo rapel ao lado da estação de metrô.

GET Regional Via Trechos  
 
CN Jaçanã/ Tremembé R. Antonio Cesar Neto Total  
CN V.Maria/Guilh. R. Cássio de Almeida Av. Guilherme Cotching e Rua Cel. Jordão  
CN Casa Verde Av. Kohun Takara R.Augusto Gil e R. Jornalista Octavio Ribeiro Pena Branca  
NO Pirituba R. Profº Onésimo Silvaira Av. Amador Aguiar e R. Jairo de Almeida Machado  
NO Perus R. Salvador Albano e Av. Piero Trica Estr.Cel. José Gladiador e R. Leopoldo de Passos Lima  
NO Lapa Av. Sumaré Pça Marcia Alberti Mammana e R. Min. Godói  
NO Freguesia/Brasilândia Av. José da Natividade Saldanha R. Luis J.J. Freire e Paulo Garcia Aquilini  
SE Aricanduva/V.Formosa R.Benedito Galvão e Pça Albino F. Figueiredo Av. Taubaté / R. Apetiribu  
SE Sapopemba Av. Arquiteto Vilanova Artigas Pista expressa ambos sentidos próx. R. Leandro de Sevilha  
SE Ipiranga Rua Ainda R. Auriverde e R. Licio de Miranda  
SE Vila Prudente R. Luis Pereira da Silva R.Mons.João José Azevedo e R.João Manoel Matos  
SE Mooca Av. Ver. Abel Ferreira Av. Reg. Feijó/R. Jacob Fath  
SU Vila Mariana Av. Engº Luis Gomes Cardim Sangirardi R. Ximbó e Pça Anapopis  
SU Jabaquara Av. Santa Catarina R. Cidade de Bagdá e R. Cons. Elias de Carvalho  
SU Parelheiros R. Terezinha do Prado Oliveira e R. José Pedro de Borba Estr. da Colônia e R. Nacip Haydan  
SO M’Boi Mirim Av. Luiz Gushiken R. Frederico Grotte e R.José Barros Magaldi  
LE Ermelino Matarazzo R. Profº Antônio Lopes de Castro Av. Boturussu e R. Ouvidio Lopes  
LE Penha Av. Antônio Estevão de Carvalho R. Palmeiras dos Índios e Av. Cabrália Paulista  
LE Itaquera Rua Ítalo Azoni entre R. Virgínia Ferni e R. Antônio Fontana  
LE Itaim Paulista Av. Br. De Alagoas Av. Marechal Tito e R. Profº Zeferino Ferraz  
LE Guaianases R. Ribeirão de Itaquera    
OE Av. Paulista Consolação à Pça Osvaldo Cruz  
OE Pinheiros 1 R. Medeiros de Albuquerque    
OE Butantã Av. Mj Walter Carlson R. Carmerita Morano e R. Hedair Labre Franca  

Fonte: PMSP

***
Mauro Calliari é administrador de empresas, mestre em urbanismo e consultor organizacional. Artigo publicado originalmente no seu blog Caminhadas Urbanas.