Encontros - São Paulo São

São Paulo São Encontros

Procurando um lugar para curtir ao ar livre com a família e sem gastar nada? Tem parque novo em São Paulo!! Foi inaugurado neste sábado, 1/4/2017, pelo prefeito de SP, João Doria, o Parque do Chuvisco, na Zona Sul de SP, com acesso livre a toda a população. A área, que pertencia ao clube dos funcionários da extinta companhia aérea Varig, tem 35 mil metros quadrados com espaços para esportes, lazer e cultura.

Dizem que a vida é muito curta pra não ter carimbos no passaporte e que viajar é trocar a roupa da alma. Eu, particularmente, acho que a melhor frase sobre isso é a que reúne minhas duas grandes paixões, livros e viagens:  “o mundo é um livro e quem não viaja lê apenas uma página.”

A Levi's® anuncia a segunda edição da Casa Levi’s®, um projeto periódico e cultural que, nos dias 7 e 8 de abril, ocupa a Associação Cultural Cecília - um casarão do século XX reformado no ano passado. Localizada no Centro de São Paulo (Rua Vitorino Carmilo, 449 – Santa Cecília), a Casa Levi’s® promete movimentar a cidade ao proporcionar uma programação inteiramente gratuita de shows e festival de música. Além disso, contará com uma praça de jogos, com sinuca, fliperama, pebolim, tênis de mesa, entre outros; estúdio de tatuagem; espaço kids; foodtrucks e food bikes.

Organizados em grupos, estrangeiros param para admirar os grafites e fazer uma foto com o celular. Ao piano, violino e instrumentos de sopro, maestros renomados e artistas em ascensão se apresentam em uma garagem, a poucos metros de distância. As crianças também estão lá: pulam corda e jogam bola. Tudo acontece no meio da rua. E sempre aos domingos: dia em que um pedaço da Vila Madalena, na zona oeste, se transforma em um parque sem grades nem portão de entrada.

Com o trabalho remoto cada vez mais ganhando novos adeptos, especialmente entre os profissionais criativos, eis que brotam cafés e espaços de coworking em São Paulo na mesma frequência. Algumas delas incluem até um conceito inovador importado da Rússia: paga-se não pelo o que se consome, mas sim pelo tempo em que se ocupa o lugar. Assim, as ideias fluem melhor, o networking é praticamente garantido e a fome passa longe do expediente.