Músicos e produtores de todo o país participam de projeto de residência no Centro de SP - São Paulo São


De 4 a 30 de abril, os ritmos de todo o Brasil vão se misturar no centro de São Paulo. A segunda edição da ocupação Pulso retorna ao prédio do Red Bull Station em 2016 com a criatividade e a sonoridade de 30 músicos e produtores de diversas partes do país.

Além de impulsionar a cena independente identificando suas oportunidades e desafios, o evento abre as suas portas ao público com uma intensa programação de palestras e dois dias de shows para celebrar a música.

As quatro semanas de Pulso são formadas por encontros para identificar as oportunidades e desafios da música independente no Brasil. Além disso, os músicos e produtores de diversas regiões trabalharão em conjunto para criar novos sons e pesquisas. Com diferentes trajetórias e estilos musicais, eles estarão divididos em grupos para ocupar os seis ateliês do edifício e gravar no Red Bull Studio, também no local. 

O objetivo é partir dos mais variados gêneros – do rock ao tecnobrega, do rap ao eletrônico – em busca de um horizonte novo para a música independente. Entre os participantes estão nomes como o DJ Nyack (Emicida), Keila Gentil (Gang do Eletro), Mahal Pita (BaianaSystem) e Lê Almeida.

O Projeto Pulso volta ao Red Bull Station em abril. Foto: Divulgação.

Todos os artistas foram selecionados por seis curadores convidados: Chico Dub (responsável pelo festival Novas Frequências, no Rio de Janeiro), Felix Robatto (produtor e um dos principais responsáveis por projetar a música paraense Brasil afora), Filipe Cartaxo (artista visual de Salvador, assina a concepção e direção artística do grupo multidisciplinar BaianaSystem), Juliana Baldi (radialista e DJ de Porto Alegre), Kamau (MC paulistano) e Macloys Aquino (guitarrista e produtor da banda Carne Doce). 

"Quando você reúne artistas de várias partes com o objetivo de fazer música e criar junto, é gerada uma carga de criatividade muito boa. Essa é uma oportunidade de esses artistas crescerem e se colocarem de uma maneira mais profissional no mercado da música", diz Chico Dub, criador do festival Novas Frequências e um dos seis curadores do evento em 2016. "Este ano o Pulso se torna um evento nacional, que ganha o Brasil com artistas de várias regiões. Isso é muito bacana."

Da cultura maker à discussão sobre gênero na música, passando pelos desafios do uso da tecnologia para fazer o trabalho de artistas independentes circular, o Pulso traz uma série de conversas abertas. Ao longo do programa, haverá palestras como a de KL Jay, do grupo Racionais MC`s, e a do produtor Arthur Joly com o empresário Michel Nath, que falarão sobre o espírito "faça-você-mesmo" e a abertura da fábrica Vinil Brasil, na Barra Funda.

O Pulso inclui ainda shows gratuitos nos dias 16 e 30 de abril.

Serviço
Pulso @ Red Bull Station
A programação do evento está disponível no sitewww.redbullstation.com.br/pulso
Data: 4 a 30 de abril de 2016.
Horário: 20h (palestras) / 17h (shows).
Local: Red Bull Station.
Endereço: Praça da Bandeira, 137 – Centro – São Paulo.
Telefone: 11 3107-5065.
Capacidade: 120 pessoas.
Censura: Livre.
Entrada: Gratuito. Algumas palestras fornecerão senha com uma hora de antecedência.

***
Com informações de Marcos Brolia / Agência Lema.