Nos 50 anos do Terraço Itália, chefs estrelados e uma visita a um ícone de São Paulo - São Paulo São

Que vista! Essa é uma das coisas mais faladas ao se visitar o Terraço Itália em São Paulo: realmente é uma das melhores vistas da capital, 360º de toda a cidade.

Vista noturna a partir do Edifício Itália, um dos mais famosos símbolos da cidade de São Paulo. Foto Reprodução / Pinterest.Vista noturna a partir do Edifício Itália, um dos mais famosos símbolos da cidade de São Paulo. Foto Reprodução / Pinterest.Subir no terraço do Edifício Itália, um dos edifícios e atrações mais famosas de São Paulo é um clássico há mais de 50 anos, quando o prédio foi inaugurado. Naquela época, ficava numa das regiões mais novas de São Paulo, a Praça da República, super chique e em puro desenvolvimento. Por isso mesmo, o restaurante Terraço Itália foi criado no topo do edifício em 29 de setembro de 1967.

Com 165m de altura, ainda que não seja mais o prédio mais alto de São Paulo (é atualmente o segundo), do Edifício Itália, pela localização privilegiada, se consegue ver a cidade por diversos ângulos: dá para ver praticamente todas as grandes atrações da cidade lá de cima: da Catedral da Sé, ao Copan (logo do seu lado), os arranha céus da Avenida Paulista, Edifício Banespa, 25 de Março, até os limites da cidade no Pico do Jaraguá, é lindo.

Um pouco da história do Terraço Itália

O Terraço Itália foi projetado pelo arquiteto Franz Heep. Foto: Acervo Estadão.O Terraço Itália foi projetado pelo arquiteto Franz Heep. Foto: Acervo Estadão.O Edifício Itália, cujo nome oficial é Circolo Italiano, foi inaugurado em 1965, e ainda hoje é considerado um dos prédios mais altos da cidade. Projetado pelo arquiteto Franz Heep, foi idealizado pelo comunidade italiana paulista como forma de mostrar a ascensão social dos imigrantes na cidade.

Situado no cruzamento da avenida Ipiranga com a São Luiz, tornou-se um ponto turístico da cidade principalmente pelo restaurante que funciona na cobertura do edifício, no 41°. Idealizado por Evaristo Comolatti, o estabelecimento foi inaugurado em 29 de setembro de 1967 pelo então prefeito Faria Lima.

Nesses 50 anos, o Restaurante Terraço Itália acabou ficando tão ou mais famoso quanto o edifício, tornado-se um ícone da cidade. Até hoje, jantar no Terraço Itália é visto como um dos passeios mais essenciais e românticos de São Paulo, lugar fino mas ao mesmo tempo viável para se ir pelo menos uma vez, nem que seja no almoço ou tomar um café a tarde.

Considerada a mais bela vista panorâmica da cidade, o restaurante é uma das opções de turismo, mas recebe executivos durante o almoço e casais apreveitando o romantismo da vista durante o jantar.

Se no passado recebia constantemente celebridades, governantes, o Terraço e Edifício Itália, viram a região da Praça da República, onde estão localizados, se deteriorar e nos últimos anos, voltar a se reerguer. Hoje, a região voltou a ser point, local de abertura de diversos bares, restaurantes, com pessoas voltando a frequentar e o mais importante, querendo morar na região. Se até poucos anos, era quase impensável andar por lá a noite, hoje em dia, o local vibra.

E em todo esse período de 50 anos, o Terraço Itália, continuou firme e forte, sempre com a mesma qualidade, beleza e serviço. E o melhor: mais do que nunca qualquer pessoa pode visitá-lo.

Como visitar o Terraço Itália em São Paulo

Há poucos anos, o local, além de servir de restaurante, passou a abrir suas portas para quem quisesse apenas visitar, sem necessariamente consumir nada. A demanda foi tão grande que, infelizmente, tiveram que parar com essa possibilidade de visita.

Hoje em dia, qualquer um pode visitar o Terraço Itália, desde que consuma algo. Eu já fui duas vezes lá: uma na versão mais light, apenas tomando um café a tarde (boa opção para quem não quiser gastar muito) e outro, recentemente, almoçando por lá.

O equipamento redondo e dourado no ambiente nobre do bar. Foto: Johnny Mazzili.O equipamento redondo e dourado no ambiente nobre do bar. Foto: Johnny Mazzili.

São 4 grandes espaços no local, separados por 2 andares: o Piano Bar (local ideal para ir a dois), a Sala Nobre, Sala Panorama e Sala São Paulo, que servem de local tanto para o público geral como para eventos. O terraço não é continuo, então para se dar uma volta completa, e ter a vista 360º de São Paulo, você precisará passar pelos diferentes espaços. A vista em todos os casos é linda.

Pode se chegar lá de metrô (fica a poucos metros da estação República) ou de carro (idealmente se for a noite). É um edifício de esquina, sendo que a entrada principal, fica na Avenida Ipiranga.

Ao chegar no Edifício Itália, se pega 2 elevadores até chegar ao topo do prédio, no Terraço Itália propriamente dito. Para quem quiser visitar, ainda que a noite seja lindo, com a vista da cidade iluminada, para quem nunca foi, recomendo que vá a primeira vez de dia, para se ter uma vista melhor, podendo ver mais claramente todas as maiores atrações de São Paulo do alto.

Restaurante do Terraço Itália

O concorrido almoço, servido na Sala Nobre, é uma festa para os olhos e o paladar. Foto: Divulgação.O concorrido almoço, servido na Sala Nobre, é uma festa para os olhos e o paladar. Foto: Divulgação.Durante o dia, é servido almoço nos dias de semana e no final de semana, aos domingos um super buffet, ao meu ver, o melhor custo x benefício para quem quiser visitar o local e experimentar a culinária premiada do restaurante.

Já a noite, o local fica mais formal e chique, além de especialmente romântico, com luz baixa, piano ao vivo e etc. Para quem quiser impressionar, ir jantar ou tomar um drink no Terraço Itália é um dos programas mais clássicos de São Paulo, não a toa, local de muitos pedidos de casamento! 

Chefs convidados para o aniversário de 50 anos do Terraço Itália. Foto: Johnny Mazzilli. Chefs convidados para o aniversário de 50 anos do Terraço Itália. Foto: Johnny Mazzilli. E para comemorar os 50 anos do restaurante do Terraço Itália, foi criada uma programação especial que começa em maio e terminam em setembro de 2017, quando faz aniversário. Cinco chefes famosos de São Paulo, foram chamados para recriar pratos clássicos do restaurante desde sua inauguração, assinando um menu diferente, a cada 30 dias, incluindo entrada, principal e sobremesa, servido apenas no jantar.

Convidados a interpretar alguns dos clássicos mais pedidos à época em que o Terraço Italia nascia, os chefs Marco Renzetti (Osteria del Petirosso), Pier Paolo Picchi (Picchi), Roberto Ravioli (Casa Ravioli), Gianpiero Giuliani (Due Cuochi), e a dupla Salvatore Loi & Paulo Barros (Modern Mamma Osteria), assinam a cada mês um menu em cartaz durante 30 dias no restaurante. Para receber a nata da cucina italiana, o chef toscano Pasquale Mancini, do Terraço Itália acompanha e coordena a adaptação dos menus criados por estes consagrados chefs durante os 5 meses desta temporada de festejos.

Quem nunca foi, esse é uma ótima oportunidade para experimentar! E é fato: não é um lugar barato em São Paulo, mas dependendo da ocasião, vale a pena, para se ir pelo menos uma vez na vida, pela história, qualidade e pela super vista. 

Serviço

Terraço Itália
Av. Ipiranga, 344, 41º e 42º andares – República.
(11) 2189-2929.
Segunda a quinta das 12h às 24h. Sexta e sábado das 12h à 1h. Domingo das 12h às 23h.
Mais informações: http://www.terracoitalia.com.br

***
Com informações de Guta C. no Blog Vambora.

 



-->