O bê-a-bá do novo Parque Municipal Campo de Marte devolvido para a cidade - São Paulo São

User Rating: 0 / 5

Após uma disputa judicial de mais de 60 anos envolvendo o Governo Federal e a Prefeitura de São Paulo, parte da área do Campo de Marte foi finalmente transferida para a administração municipal na última segunda-feira, dia 7. Cerca de 400 mil m² do Campo de Marte, que a União devolveu ao município de São Paulo, será destinada à criação de um parque municipal, que será concedida à iniciativa privada, dentro do Plano Municipal de Desestatização da atual gestão. 

O Parque Campo de Marte será implementado em três etapas, sendo que a primeira, cujos trabalhos devem ser iniciados imediatamente, incluem a abertura de um museu aeroespacial (que receberá o acervo do antigo Museu da TAM, em São Carlos, cidade do interior do Estado).

A segunda etapa inclui um centro poliesportivo e na terceira, onde hoje ficam os hangares do aeroporto, será construído um centro cultural. "Também há uma negociação com os proprietários, que construíram os hangares que ali estão, que finalizada essa negociação teremos um grande polo cultural, com gastronomia, artes plásticas, teatro cinema, e outras manifestações culturais. Aí sim nós teremos completado o Parque Campo de Marte na sua totalidade", afirmou o prefeito João Doria.

Um parque será construído no Campo de Marte. Imagem: Reprodução / PMSP.Um parque será construído no Campo de Marte. Imagem: Reprodução / PMSP.O Parque Campo de Marte será o centésimo oitavo parque da cidade. Na Câmara, tramita já em segunda votação projeto de lei que autoriza a Prefeitura a conceder todos os parques municipais à iniciativa privada. Em troca da manutenção das áreas verdes, empresas privadas poderão explorar parte dos equipamentos públicos (como estacionamentos) e espaço publicitário, ficando vedada cobranças para o acesso aos parques.

Essas empresas também terão de pagar um a outorga à Prefeitura antes de assumir a administração dos parques. A expectativa é que o projeto seja aprovado ainda neste bimestre e que, ainda em 2017, as primeiras concessões possam ocorrer.Segundo informações da Prefeitura, o parque ocupará 20% da área do Campo de Marte, que possui vegetação remanescente de Mata Atlântica e é cortada pelo córrego Tenente Rocha. Ainda sem nome definido, o novo espaço terá uma sede administrativa com banheiro, mas toda edificação, incluindo o museu, não afetará a área verde.

O bê-a-bá do novo parque Campo de Marte

A área que será utilizada tem 406 Mil metros quadrados, 20% da área total. Foto: André BonacinA área que será utilizada tem 406 Mil metros quadrados, 20% da área total. Foto: André Bonacin

1. Onde vai ser o parque Campo de Marte?

O parque vai ficar próximo a pista do aeroporto Campo de Marte e campos de futebol localizados ao lado do Sambódromo do Anhembi, que fica no bairro de Santana, zona Norte

2. Há previsão de encerrar as atividades do aeroporto Campo de Marte? 

A intenção do prefeito João Doria é reduzir a operação aérea, permitindo apenas pousos e decolagens de helicópteros e retomar o resto do terreno;

3. Quanto do terreno será utilizado para o parque Campo de Marte?

A área que será utilizada tem 406 Mil metros quadrados, 20% da área total. O parque vai ocupar uma extensa área verde dentro do Campo de Marte e o espaço ainda deve ganhar um museu aeroespacial;

4. Qual é a área que será usada para o Museu Santos Dumont?

O Museu Santos Dumont deve ocupar uma área de 70 ou 100 mil metros quadrados, e os outros 300 mil ou 320 mil metros quadrados serão o parque;

5. Qual a previsão de abertura do parque Campo de Marte?

Ainda não é possível saber quando o parque deve começar a funcionar;

6. Como será a construção do parque Campo de Marte?

A construção está dividida em três fases: a primeira com a criação do museu Santos Dumont e o parque; a segunda fase é a desativação do Campo de Marte como pista de pouso e no lugar será um  centro poliesportivo; e por último a terceira fase envolve os hangares, que no local terá um grande polo cultural para gastronomia, artes plásticas, teatro e cinema.

***
Com informações da Prefeitura e da Agência Estado Estado.