Vem aí, o Vale do Anhangabaú como espaço de convivência - São Paulo São


Já pensou no Vale do Anhangabaú não somente como um local de passagem, mas também de convivência? Pois essa é a ideia da Prefeitura: transformar o Anhangabaú num local seguro, inclusivo, acessível e atraente.

E a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SMDU) e da SP Urbanismo, convida todos para participarem da apresentação pública do projeto de requalificação e reurbanização do Vale do Anhangabaú. O evento acontece no dia 31 de julho, a partir das 15h, na Praça das Artes.

O projeto, que foi construído por meio de processo participativo, tem como objetivo tornar o Vale do Anhangabaú mais seguro, inclusivo, acessível e atraente, servindo não apenas como um local de passagem, mas também como um ponto de convivência entre as pessoas.

Com a renovação das formas de uso e a qualificação do espaço urbano, a ideia é promover a conexão entre o pedestre e a rede de transporte público, proporcionar locais adequados para sentar, trazer uma maior variedade de grupos de usuários para o local e até mesmo resgatar a memória do Rio Anhangabaú.

Para que esses objetivos virem realidade, o projeto contempla a melhoria dos acessos, respeito à escala humana, controle e ordenação dos acessos de veículos, realização de eventos, implantação de sanitários públicos e ativação das fachadas com quiosques de café, floriculturas e bancas de jornais, por exemplo.

A requalificação do Vale do Anhangabaú faz parte da meta 72 da Prefeitura, que propõe a requalificação da infraestrutura e dos espaços públicos do Centro.

No dia 31, além da apresentação do projeto para o Vale em si, haverá também uma mostra de painéis e um espaço para comentários e contribuições. 

Programação: 
15h – Abertura da mostra de painéis
16h – Apresentação do Projeto
17h – Contribuições

Serviço:
Evento: Apresentação do projeto de requalificação e reurbanização do Vale do Anhangabaú
Data: 31.07.2015
Horário: a partir das 15h
Local: Praça das Artes – Avenida São João, 281, Centro.

Fonte: Gestão Urbana - SMDU.