Na mesma semana, desfrute da Mostra e de dois festivais de cinema - São Paulo São


Na noite desta quarta (21), Willem Dafoe estará lutando pela vida no Auditório Ibirapuera, Juliette Binoche tentará seduzir um taxista no Centro Cultural Banco do Brasil e Joaquin Phoenix vai beijar Emma Stone no Jockey Club. 
 
A cidade de São Paulo, que não tem lá uma beleza cinematográfica à primeira vista, se tornará cenário de três grandes eventos de cinema a partir desta semana: a Mostra Internacional, a retrospectiva "Jean-Luc Cinéma Godard" e o Vivo Open Air (com exibições de filmes ao ar livre). 
 
A Mostra Internacional de São Paulo abre para o público nesta quinta-feira (22) e vai até 4 de novembro, trazendo na programação 311 obras de 62 países. Hoje, em sessão só para convidados, traz "Meu Amigo Hindu", dirigido por Hector Babenco e com o americano Willem Dafoe no elenco. Exibe obras premiadas em festivais mundo afora ("Dheepan", de Jacques Audiard, "Desde Allá", de Lorenzo Vigas), estreias nacionais ("Amigo Hindu", "Garoto", de Julio Bressane) e clássicos restaurados ("Limite", o filme de 1931 de Mário Peixoto).
 
"Há 39 anos que a Mostra acontece no mesmo período, em outubro. Nunca mudamos e ninguém veio falar com a gente", diz Renata de Almeida, organizadora do festival, a respeito da justaposição de datas dos eventos de cinema. Forçada pela crise a lidar com um orçamento 30% menor do que no ano passado, Renata organizou uma edição com 20 filmes a menos. O anunciado retorno da sala de cinema do Maksoud ficará para 2016.
 

Clássicos, lançamentos e infantis na tela de projeção do Vivo Open Air São Paulo. Foto: Divulgação. 
 
Allen e Godard

No Jockey Club, uma tela do tamanho de uma quadra de tênis traz, de quarta a domingo, shows e filmes do Vivo Open Air, todos ao ar livre Entremeados com shows variados (Arnaldo Antunes, por exemplo), ocorre a exibição de filmes recentes ("O Homem Irracional", de Woody Allen, com Phoenix e Stone, "Divertida Mente") e clássicos ("Laranja Mecânica", "O Mágico de Oz"). 

"Acho que a confluência dos eventos estimula as pessoas", diz Renato Byington, idealizador do projeto, em sua quarta edição na cidade. Esta quarta também dá início à maior retrospectiva já feita sobre o cineasta francosuíço Jean-Luc Godard, expoente da nouvelle vague.
 
"São Paulo tem a característica de ter uma série de atividades. Não há ideia de rivalizar: a cidade comporta mais de um grande evento", afirma o curador Eugenio Puppo, que selecionou 125 obras do diretor: da polêmica "Eu Vos Saúdo, Maria" (1983) a raridades nunca vistas no país, caso de "Salve a Vida" (1979). 

O espectador poderá conhecer também a faceta publicitária de Godard, que nos anos 1980 fez vídeos conceituais para uma marca de jeans. 
O contato com o recluso cineasta, diz Puppo, se deu por meio de um assistente. "Mandamos uma carta escrita à mão em francês, comunicando a ele do projeto, e Godard não se manifestou." A partir do fim deste mês, enquanto os três eventos ainda estiverem acontecendo, e até o início de dezembro, começa o Novembro Audiovisual. Articulada pela prefeitura, a agenda terá eventos cinematográficos patrocinados ou apoiados pela Spcine, empesa paulistana de fomento ao setor na cidade.
 
No pacote estão a Comic Con, feira de cultura pop, o Mix Brasil, com filmes de temática LGBT, e a Expocine, voltada à indústria, além de fóruns sobre cinema e TV, um aberto ao público e o outro fechado para executivos do setor. 
"Queremos criar uma agenda para fortalecer São Paulo como cidade estratégica para o audiovisual", diz Alfredo Manevy,que preside a Spcine. 
 
39ª Mostra de Cinema.
Quando: de 22/10 a 4/11.
Onde: diversos locais na cidade. 
Quanto: de R$ 16 (ingresso indivisual) a R$ 430 (permanente integral); desconto de 15% aos titulares de assinaturas Folha.
Informações no site da Mostra. 
 
Jean-Luc Cinéma Godard 
Quando: de 21/10 a 2/12.
Onde: Centro Cultural Banco do Brasil, r. Álvares Penteado, 112, tel. (11) 3113-3651; CineSesc, r. Augusta, 2.075, tel. (11) 3087-0500. 
Quanto: de R$ 4 a R$ 12. 
Informações no site do CCBB/SP.
 
Vivo Open Air 
Quando: quarta a sábado, 19h30; domingo, 17h; de 21/10 a 8/11. 
Onde: Jockey Club, r. Dr. José Augusto de Queiroz, s/nº, portão 1. 
Quanto: R$ 50 (show + filme), à venda no site da Ingresso Rápido. 
Informações no site doVivo Open Air

Guilherme Genestreti de São Paulo na Ilustrada.
 
 


-->