Ferramentas de IA são incluídas nos serviços do Google Cloud

Em mais um avanço da popularização da tecnologia de Inteligência Artificial (IA), o Google anunciou que vai incluir ferramentas do tipo em seu serviço de nuvem, o Google Cloud. Produtos de IA generativa da empresa Anthropic e da Meta serão ofertados aos usuários do serviço de armazenamento do Google.

São dois grandes modelos de linguagem (LLMs) que estarão disponíveis às empresas que usam o Google Cloud: o Claude 2, da Anthropic, e o Llama 2, da Meta. Grandes modelos de linguagem são sistemas que permitem a criação de conteúdo de IA personalizado e a interação com humanos.

Assim, a novidade do Google é mais uma etapa da aproximação das tecnologias de nuvem e de IA: as empresas que já usam o Google Cloud terão acesso às LLMs da Meta e Anthropic, podendo utilizá-las para criar seus próprios sistemas de inteligência artificial. A Meta é dona do Facebook, Instagram e WhatsApp, e a Anthropic é uma startup de inteligência artificial.

Luiz Madeira é CEO da GWCloud, empresa de tecnologia da informação, e explica como se dá essa aproximação das tecnologias de nuvem e de IA. “A comunicação de nuvem fornece a infraestrutura e a capacidade de processamento necessárias para operar sistemas avançados de IA, enquanto a IA traz inteligência e eficiência para a comunicação de nuvem. “À medida que o uso da IA cresce, ela impacta significativamente a comunicação de nuvem de várias maneiras”, detalha o especialista.

Entre os resultados desse uso em conjunto das duas tecnologias, Madeira cita a otimização de recursos, melhorias na segurança e a inovação em serviços. Outro recurso de IA disponibilizado recentemente pelo Google é o Duet AI, que pode ser usado por todos os usuários do pacote de serviços Google Workspace (que inclui Google Drive, Agenda, Docs, entre outros). 

O Duet AI é capaz de fazer anotações durante reuniões on-line, fazer resumos, traduzir legendas e até participar de reuniões em nome do usuário. Ao anunciar as diversas atualizações na oferta de serviços de IA, o Google também informou o fechamento de parcerias com diversas empresas para aprimorar essas ferramentas, como a parceria com a fabricante de chips Nvidia, além das já mencionadas Meta e Anthropic.

“A notícia de que o Google planeja expandir o uso de IA em seus serviços de nuvem, em parceria com Meta e Anthropic é um indicativo significativo da direção futura da tecnologia de nuvem e IA”, avalia Madeira. Para o profissional, essa parceria sugere algumas implicações, como inovação colaborativa, diversificação do mercado e preocupações com privacidade e ética de uso da IA.

Uma das respostas do Google às preocupações éticas com a forma como as empresas utilizam o conteúdo gerado por IA foi a criação de um recurso de marca d’água. Disponível aos usuários do Google Cloud, a ferramenta incorpora uma marca identificadora da origem da imagem no nível do pixel, dificultando a alteração e aumentando a transparência sobre a criação.

“É fundamental considerar a importância da ética e da transparência no desenvolvimento e implementação de soluções de IA na nuvem. À medida que essas tecnologias se tornam mais integradas em nossas vidas, as questões de privacidade de dados, viés algorítmico e controle sobre a tomada de decisões autônomas se tornam cada vez mais relevantes”, conclui Madeira.

Para saber mais, basta acessar o site https://www.gwcloud.company e outros materiais: Pesquisa: transformação digital ainda é desafio nas empresas | Dino | Valor Econômico (globo.com)

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found
Posts relacionados
Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.