Incentivo a atividades físicas: empresas apostam na tendência como benefício

Ao tratar sobre benefícios oferecidos a colaboradores em empresas, garantias como vale alimentação e vale transporte costumam estar em primeiro plano. O fato é que novas tendências surgiram dentro do mercado corporativo, dentre elas, discussões sobre a importância de incentivar o bem-estar e a qualidade de vida para os funcionários.

Segundo a pesquisa realizada pelo instituto Insper, 90% dos colaboradores consideram recursos não financeiros, como a promoção de bem-estar no trabalho, como motivo para permanecer na empresa. Enquanto isso, apenas 20% afirma se atentar apenas ao salário oferecido como fator determinante, destacando a mudança no comportamento do colaborador, mais atento ao que a empresa pode oferecer de forma indireta.

Dentre os novos benefícios oferecidos, times de recursos humanos apostam em proporcionar aos colaboradores acesso a academias e exercícios físicos. De acordo com estudo realizado pelo PageGroup, descontos em academias, estúdios e apps de bem-estar estão no ranking dos 10 benefícios mais oferecidos nacionalmente, ocupando o 7º lugar de referência.

O acesso às academias, no geral, é adotado como um benefício flexível, onde colaboradores podem escolher praticar exercícios em estúdios parceiros, através de incentivos financeiros como a absorção completa ou parcial das mensalidades, permissão a aplicativos e treinos onlines, ou a profissionais do ramo fitness, facilitando o acesso à prática de atividades físicas.

Um levantamento realizado pelo instituto Great Place To Work apontou que, em 2022, convênios/parcerias com academias e estúdios de atividade física estão presentes em 44,9% das empresas, como benefício mais amplamente ofertado. Dentre as pessoas respondentes, 52,8% trabalham em empresas certificadas GPTW e 47,2% ainda não. Além disso, 60,6% das pessoas atuam no setor de Recursos Humanos;

Oferecer academia aos colaboradores é tido pelas empresas e gestores de recursos humanos como uma oportunidade de incentivar suas equipes a levar uma vida mais saudável e assim, ajudar na prevenção de doenças ocupacionais como estresse, ansiedade ou depressão, inclusive a Síndrome de Burnout.

Hoje, além da oferta trazida pelos grandes players, o mercado de startups traz soluções que integram uma ampla gama de benefícios em um só lugar, com intuito de facilitar a gestão dos recursos pelo RH, unificar o acesso e facilitar o uso pelos colaboradores, se utilizando de tecnologias emergentes, como aplicativos e softwares.

As healthcares, startups voltadas à promoção de saúde e bem-estar, apresentam o benefício de saúde física como promotor de melhores em indicadores-chaves da gestão de pessoas, como o índice de turnover e absenteísmo, além de diferencial competitivo por sua possibilidade de uso como estímulo para atrair talentos. De todo modo, funcionários que se sentem valorizados e motivados, não apenas vestem a camisa da corporação, mas também são capazes de trazer resultados positivos para o negócio. Segundo um levantamento feito pela Universidade de Warwick, no Reino Unido, funcionários felizes são 12% mais produtivos que os demais.

“A atividade física regular ajuda a promover uma vida saudável para o corpo e a mente, como forma de gerar bem-estar geral, conceito alinhado com o objetivo de uma healthcare. Para a empresa, ter seus funcionários praticando atividades físicas pode melhorar a produtividade dos colaboradores e ainda motivá-los, já que eles se sentirão mais valorizados.” diz Luana Barros, head de Marketing na startup Memori.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found
Posts relacionados
Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.