Inovação orienta tendências do mercado em 2024, aponta CNDL

Baseada em dados de pesquisas de consumo e tendências, a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) reuniu algumas previsões para o mercado brasileiro em 2024. Segundo a entidade, conhecer as tendências do mercado é importante para que as empresas possam fazer um bom planejamento de negócios.

A primeira tendência apontada pela CNDL foi a adoção de Inteligência Artificial e outras tecnologias. Os dados que apoiam essa previsão são da Ipsos, consultoria de pesquisa de mercado. Espera-se que a IA e outras tecnologias (como formatos de experiência de compra) melhorem o processo de marketing e vendas inclusive dos micro e pequenos negócios.

Outra tendência relacionada à tecnologia é o aumento da preocupação dos consumidores com a proteção e privacidade de seus dados. A CNDL cita uma pesquisa da KPMG que apontou que 83% dos entrevistados preferiam não compartilhar seus dados para colaborar com o aperfeiçoamento do produto ou serviço que adquiriam. Desses, 64% acreditavam que as empresas não protegiam os dados o suficiente e 40%, que elas não os utilizavam de maneira correta.

Ana Clara Paiva, Coordenadora de Marketing da Contajá, empresa de contabilidade, e avalia que “pelas tendências de mercado para 2024, podemos perceber que as empresas precisam se adaptar e serem mais receptivas à tecnologia e à automatização de processos, já que a competitividade do mercado segue alta, exigindo cada vez mais eficiência operacional e estratégica”. A CNDL reforça o destaque dado pela IPSOS à automatização de processos, que tem potencial para melhorar a administração dos negócios.

Ainda em relação ao uso de tecnologia pelas empresas, Paiva aponta que “ter acesso a informações em tempo real é essencial na tomada de decisões”. Para ela, “tecnologias como a contabilidade online podem fazer com que a gestão seja mais efetiva e em tempo hábil, já que o mercado tem sido de intensas mudanças e exige do empresário cada vez mais a adaptabilidade”. 

A CNDL considera “alarmante”, por exemplo, o dado que aponta que apenas 53% dos líderes de empresas informam os consumidores sobre as práticas de tratamento de dados on-line.

As outras previsões feitas pela CNDL foram em relação ao fortalecimento do e-commerce, a valorização da personalização da experiência do cliente e a importância da ética e sustentabilidade nos negócios. De forma geral, a CNDL considerou que, no ano que vem, o mercado irá lidar com “muita inovação” em diversas áreas.

Paiva concorda com a necessidade de avaliar estrategicamente todas as áreas para lidar com a competitividade do mercado e acrescenta o planejamento tributário como uma parte dessa estratégia.

 “Um estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) aponta que 95% das empresas pagam mais impostos que deveriam. Um bom planejamento tributário para 2024 pode evitar isso, permitindo ainda que as empresas usufruam de benefícios e isenções permitidas pela lei”, finaliza a profissional.

Para saber mais: https://contaja.com.br 

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found
Posts relacionados
Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.