Medicina Estética é um dos mercados que mais avançou nos últimos anos

A beleza e o cuidado com a pele têm se apresentado como algumas das maiores preocupações do público em geral. Com a era da tecnologia vigente, a imagem vem se apresentando como um dos pontos de maior importância, seja no âmbito pessoal ou profissional, por se consolidar como um índice de juventude, qualidade de vida e sucesso na sociedade.

Por conta disso, a Cosmiatria foi ganhando espaço por viabilizar os objetivos de muitas pessoas preocupadas em se encaixar num estilo de vida em que a imagem dita as ações. Entretanto,  com o surgimento da chamada “harmonização facial”, observamos a banalização da beleza e a realização de procedimentos médicos por profissionais não habilitados, e assim, vivemos a era que muitos, com capacitação ou não, têm aderido ao ramo da estética como foco de seu trabalho principal. 

Segundo o Grand View Research, o mercado global de medicina estética foi avaliado em US $ 112 bilhões em 2022 e tem uma previsão de crescimento de 14,5% até 2030, ratificando a grande procura de especialistas no assunto com objetivo de trazer benefícios àqueles que investem nesses serviços.

Concordando com a pesquisa, A Drª Eloisa Ayres, dermatologista no RJ há mais de 30 anos, aponta que o cuidado de si não está só envolvido com a cultura da beleza vigente, mas também, com a recuperação da autoestima e, por isso, a procura pela saúde da pele e o autocuidado vêm aumentando. “Noto que minhas pacientes gostam de cuidar de si pelo efeito que isso proporciona a longo prazo na sua vida global. Acredito que os fatores principais para esse investimento vêm se modificando a cada tempo. Há 30 anos atrás talvez fosse algo só pela estética, mas hoje, é pelo bem-estar emocional que isso também proporciona”, pontua.

A médica, que há quase três décadas aplica Toxina Botulínica e outras técnicas, aponta ainda que a perspectiva para o mercado é, cada vez mais cuidar da saúde em geral prezando pelos aspectos naturais e evidenciando a beleza interior de cada um.

A dermatologista, que tem uma vasta experiência em vários procedimentos e utiliza as tecnologias mais modernas do mercado, é defensora do atendimento exclusivo, personalizado e humanizado. Em constante atualização e participação como palestrante em diversos congressos nacionais e internacionais para oferecer sempre o melhor para os seus pacientes,  a médica PhD, que defendeu seu doutorado em estudos sobre pigmentação e melasma, é também escritora, tendo livros publicados na área, e atende no RJ e adjacências com foco na avaliação do perfil individual do paciente, respeitando os limites de cada tratamento e fazendo com que cada um deles se sinta bem, dentro de sua própria pele.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found
Posts relacionados
Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.