Mindfulness melhora saúde mental e traz bem-estar a idosos

Cuidar da saúde mental é um pré-requisito para o envelhecimento saudável. O mindfulness, que em português é definido como a prática da atenção plena, tem sido uma estratégia para auxiliar os idosos a gerenciar as emoções e melhorar a concentração, proporcionando maior bem-estar físico e mental, além de qualidade de vida. A técnica é um tipo de meditação que procura focar a atenção no momento presente.

Desde 2021, o método está incorporado pela Cora Residencial Senior, empresa especializada em cuidados diários para idosos, com unidades em São Paulo. “O mindfulness é praticado por meio de uma meditação guiada e aplicada por um comando de voz que conduz o participante a experienciar o momento presente e o relaxamento profundo”, explica a profissional de Educação Física, Kátia Nogueira, uma das responsáveis pela atividade em unidades do residencial.

Em tempos de confinamento e distanciamento social devido à pandemia de Covid-19, sensações como ansiedade, depressão, agitação, angústia e irritabilidade, por exemplo, são potencializadas. “Para o público sênior, a técnica ajuda na concentração, organização dos pensamentos, melhor percepção das emoções, bem como a preservação do cognitivo”, explica a profissional.

Os momentos de mindfulness ocorrem nas unidades Campo Belo, Ipiranga e Jardins, em grande parte, ao final da rotina do programa de atividades físicas, outro serviço voltado à qualidade de vida dos residentes. Em grupo ou individualmente, a prática da atenção plena é exercitada por mais de 20 idosos. “A duração pode variar, pois avaliamos como está a necessidade momentânea deles e o estado emocional naquele dia. Há muito apreço por essa atividade entre os idosos e os feedbacks são sempre positivos”, esclarece Sandro Iris Magalhães, profissional de Educação Física atuante na Cora.

Benefícios

No meio científico, estudos com a população idosa têm indicado resultados positivos com a prática da atenção plena, como o alívio dos sintomas de ansiedade e depressão, além de melhor gerenciamento de quadros de estresse. Na Cora, os idosos relatam vários benefícios que contribuem para uma melhor qualidade de vida.

Para a residente Daisy Dotto, de 82 anos, “a meditação bem dirigida, realizada semanalmente, traz mais equilíbrio, calma e concentração”. A mesma opinião é compartilhada pela idosa Ana Benavente, de 84 anos. “Tem sido maravilhoso, é algo tão bom para o nosso corpo e, principalmente, para a nossa mente”, comenta.

Maria Ignez Peres, de 82 anos, vivenciou o mindfulness pela primeira vez após chegar à Cora. “Eu não conhecia e gostei muito. Acho que veio na hora certa, nesta fase que estamos atravessando devido à pandemia, com um certo isolamento”, comenta. Descrevendo-se como uma pessoa ansiosa, ela relata que o método tem trazido maior sensação de tranquilidade no dia a dia. “Dá uma paz de espírito, é relaxante,” complementa.

Para praticar em casa

Os profissionais que desenvolvem o programa de atividades físicas da Cora indicam que a prática do mindfulness pode ser feita pelo idoso sozinho ou em conjunto com o cuidador familiar. Como primeiro passo, eles consideram fundamental estabelecer um compromisso pessoal de autocuidado, dedicando alguns minutos diariamente para exercitar a atenção plena.

A partir disso, os profissionais orientam para a escolha de uma ferramenta que mais agrade para ajudar a conduzir o momento de meditação. “Atualmente há aplicativos móveis gratuitos que oferecem a prática diária da técnica ou mesmo vídeos na internet com tutoriais que ensinam como começar”, explica Kátia. Neste momento, familiares ou cuidadores podem auxiliar o idoso, estreitando ainda mais o vínculo social.

As recomendações dos especialistas que atuam na Cora ainda incluem buscar um ambiente aconchegante e silencioso para ficar sentado ou deitado de maneira relaxada, mas não o suficiente para adormecer, além de focar no controle da respiração, mantendo a concentração no momento presente para sentir o ar entrando e saindo do corpo. “É preciso ser persistente e ter regularidade. Mesmo que no começo pareça difícil, com o passar do tempo os resultados positivos para a mente são perceptíveis”, finaliza.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found
Posts relacionados
Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.