Nômades digitais e modelo crowdwork têm ganhado mais adeptos

Os nômades digitais (trabalhadores sem endereço fixo), acabaram ganhando força durante a pandemia da Covid-19, chegando nos Estados Unidos há quase 17 milhões de pessoas, representando um aumento de 131% em relação a 2019, antes mesmo da pandemia.

Ainda segundo o Relatório Global de Tendências Migratórias 2022 da Fragomen, empresa especializada em tendências de migração, em publicação feita pela CNN Brasil, com a crescente força da era digital aponta-se que serão cerca de 1 bilhão de trabalhadores digitais até 2035.

Indo de encontro a estes dados, somado com o aumento do trabalho remoto e a busca por flexibilidade, as agências de marketing estão buscando explorar novas formas de contratar talentos e realizar projetos. Uma dessas formas é o crowdwork, uma modalidade de terceirização online em que as pessoas contratadas executam tarefas online para empresas ou outros indivíduos, explica Gabriel Franco, CEO e sócio fundador da startup LAMEGO.

“O trabalho remoto vem redefinindo as dinâmicas do mercado, e as agências de marketing devem estar atentas a estas mudanças. O crowdwork surge então, buscando oferecer oportunidades tanto para as agências quanto para profissionais autônomos, transformando a maneira como o trabalho é realizado e contratado”, enfatiza.

Ao invés de contratar funcionários em tempo integral, as agências podem acessar uma ampla rede de talentos globais por meio de plataformas de crowdwork. Esta abordagem permite que as agências expandam suas capacidades e ofereçam serviços especializados aos clientes, sem os custos fixos associados à contratação de pessoal, diz o CEO e sócio fundador da startup LAMEGO.

“Para os profissionais autônomos, o crowdwork oferece uma maneira flexível e conveniente de encontrar trabalho. Eles podem se cadastrar em plataformas de crowdwork e acessar uma variedade de projetos em sua área de especialização. Além disso, este modelo oferece a oportunidade de trabalhar em qualquer lugar do mundo, proporcionando liberdade geográfica e flexibilidade de horários”, reforça.

Gabriel Franco destaca que o crowdwork está se tornando uma parte fundamental do mercado de trabalho remoto, tanto para as agências de marketing quanto para as pessoas autônomas.

“Essa modalidade de terceirização online oferece oportunidades aos profissionais para colaborar em projetos globais, ampliar suas redes de contato e alcançar um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal. É possível, também, explorar essa tendência emergente na busca por posicionamento para prosperar em um ambiente digital em constante evolução”, conclui.

Para saber mais sobre as transformações no trabalho remoto e no crowdwork, basta acessar o site ou o Instagram: @lamego.com.vc Website: https://lamego.com.vc/

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found
Posts relacionados
Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.