Por que investir em produção de conteúdo em 2022?

Hootsuite e We are social são duas agências de marketing digital especializadas nas mídias sociais que, juntas, dirigem um dos relatórios mais respeitados do mundo em marketing digital. Esse relatório fornece informações essenciais para os gerentes de marketing, permitindo-lhes descobrir insights como o crescimento de cada rede social, distribuição por características demográficas, e as principais tendências do comércio eletrônico.

Segundo o último relatório, divulgado em janeiro de 2022, o Facebook permanece como a plataforma social mais usada no mundo, com um total de 2,910 bilhões de usuários em janeiro de 2022. Logo em seguida aparece o YouTube, que passou de 2,291 bilhões de usuários em jan/21 para 2,562 em apenas 12 meses.

Em terceiro lugar está o WhatsApp, com 2 bilhões de usuários ativos. E como quarta plataforma social mais utilizada está o Instagram, que passou de 1,221 bilhão de usuários ativos em janeiro de 2021 para 1,478 bilhão em janeiro de 2022. O TikTok também merece destaque. Surgindo em sexto lugar no relatório, foi uma das plataformas que mais cresceu em 2021, passando de 689 milhões de usuários para 1 bilhão em janeiro de 2022. Mais de 45% de crescimento em 12 meses.

Os números não são muito diferentes no Brasil. O YouTube aparece como a rede social mais usada, com 138 milhões de usuários, seguido pelo Instagram com 119,5 milhões. O Facebook aparece em terceiro lugar, com 116 milhões. E o TikTok se mostra extremamente relevante com 74,07 milhões de usuários.

Em relação à interação dos usuários com as marcas, o site continua como um dos principais canais de engajamento, com 44,2% das ações. Apesar disso, um em cada quatro usuários assiste vídeos elaborados por marcas, e 23,2% seguem perfis comerciais nas redes sociais. Considerando os números apresentados, empresas que ainda não adotaram as redes sociais como canal em suas estratégias de marketing precisam considerar fazê-lo. E o primeiro passo está em desenvolver uma estratégia de produção de conteúdo específica para o negócio.

Produção de conteúdo: como iniciar

O desenvolvimento da estratégia de conteúdo se inicia de forma muito semelhante ao planejamento das estratégias de negócio: com um estudo do mercado. Nesse estudo, a empresa deve buscar entender melhor o público, suas necessidades, desejos e comportamentos. Com isso, torna-se mais simples definir os canais que a empresa precisa focar em sua comunicação.

Outro ponto é afinar o público-alvo da empresa, adotando personas para orientar a estratégia de negócio e a produção de conteúdo. Isso porque a persona representa uma pessoa com suas particularidades, comportamentos e interesses. O que facilita desenvolver conteúdos realmente relevantes.

O segundo ponto é o estudo da concorrência, onde a empresa analisa o que já é feito com sucesso para decidir, ou não, considerar em sua estratégia. O estudo da concorrência é o momento de analisar o que já é feito no mercado, essencial para definir estratégias de negócio eficientes. É preciso analisar quais canais já são usados e qual a aceitação deles pelo público-alvo. Com isso, a definição de canais se torna mais assertiva, considerando tanto a presença e engajamento do público quanto a capacidade de investimento atual e futuro da empresa.

O terceiro ponto está nas ofertas da empresa, em avaliar como produtos e serviços atendem, ou não, às necessidades e desejos do público. O comportamento do consumidor tem sido profundamente alterado pela transformação digital. Dessa forma, produtos e serviços que antes faziam sucesso podem precisar ser revistos, ou até mesmo, reformulados.

O foco do estudo está no desenvolvimento da estratégia de conteúdo. Mas compreender melhor as necessidades do público e relacionar com ofertas da concorrência é muito relevante. Com isso empresas podem não só identificar oportunidades para atrair e fidelizar clientes através do seu conteúdo, como também desenvolver novas estratégias de negócios.

O crescimento das redes sociais é inegável e estar presente nelas é necessário para empresas de todos os portes. Porém, para se diferenciar, é essencial ter uma estratégia de conteúdo personalizada abrangendo todos os principais canais da empresa. É assim que a produção de conteúdo vai deixando de ser a mera obrigação de postar todos os dias e começa a se tornar um meio real e economicamente interessante para atração, vendas e retenção.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found
Posts relacionados
Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.