Relatório aponta dados do crescimento industrial em 2023

O Relatório Economia Brasileira 2023-2024, edição especial do Informe Conjuntural, publicado no site Portal da Indústria em dezembro de 2023 apontou dados sobre uma análise detalhada do desempenho econômico em 2023 e apresenta projeções para o ano subsequente, revelando, segundo a publicação, uma dinâmica contrastante nos diversos setores da economia brasileira. Setorialmente, o documento mostra que a Agropecuária e a Indústria extrativa, menos sensíveis às políticas monetárias, lideraram o crescimento em 2023, enquanto as Indústrias de transformação e da construção, mais influenciadas pela política monetária, enfrentaram quedas de 1,6% e 0,9%, respectivamente.

O estudo publicado também apresenta dados da economia informando que o primeiro semestre de 2023 foi marcado por um crescimento do PIB, impulsionado principalmente pelos setores de Serviços, Agropecuária e Indústria extrativa. No entanto, o documento também mostra que o segundo semestre viu uma redução significativa desse dinamismo, resultando em uma estabilidade da economia entre o segundo e o terceiro trimestres, com variação de 0,1%.

Na publicação, é possível observar que o consumo das famílias foi o principal motor do crescimento na primeira metade do ano, impulsionado pela melhoria no mercado de trabalho, expansão fiscal e desaceleração da inflação. Em contrapartida, os investimentos continuaram em declínio, registrando quatro trimestres consecutivos no campo negativo. Além disso, segundo o relatório, o cenário de 2023 foi marcado por políticas econômicas, contraditórias, com esforços para conter a demanda e inflação através da manutenção da taxa básica de juros, enquanto simultaneamente houve expansão dos gastos do governo para estimular o consumo das famílias.

José Antônio Valente, diretor da empresa de franchising na construção civil Franquias Trans Obra, afirma que observado o relatório, nota-se que o segundo semestre apresentou uma redução significativa desse dinamismo, resultando em uma estabilidade econômica entre o segundo e o terceiro trimestres, evidenciando a volatilidade do cenário econômico. “O relatório destaca os desafios e contradições enfrentados pela economia brasileira, fornecendo insights valiosos para compreender a complexidade do cenário econômico atual e as perspectivas para o futuro”. 

O relatório, que pode ser consultado na íntegra através do link informado no início da matéria, afirma que para 2024, as projeções indicam uma continuidade na perda de ritmo de crescimento observada na segunda metade de 2023. Fatores que impulsionaram o crescimento em 2023 não devem se repetir na mesma magnitude, prevendo um crescimento do PIB de 1,7% em 2024, conforme descrito na publicação do Portal da Indústria.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found
Posts relacionados
Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.