Balé da Cidade de São Paulo comemora 50 anos com montagem sobre Caetano Veloso

O repertório selecionado preserva a qualidade artística e abre horizontes para novos caminhos de criatividade e inovação”, explica Ismael Ivo, diretor artístico do Balé da Cidade de São Paulo.

A estreia da temporada acontece neste fim de semana, com o lançamento mundial de Um Jeito de Corpo – Balé da Cidade Dança Caetano, inspirado nas músicas e na literatura poética de Caetano Veloso. A criação é de Morena Nascimento, que foi integrante da companhia Tanz Theater Wuppertal, de Pina Bausch e faz sua estreia no Balé da Cidade. Brasileira, radicada na Alemanha, a bailarina é um dos destaques da nova geração da dança contemporânea. 

Morena: a passagem por um dos maiores grupos de dança do mundo provoca ainda mais o interesse do público por suas criações. Foto: Divulgação.

Morena: a passagem por um dos maiores grupos de dança do mundo provoca ainda mais o interesse do público por suas criações. Foto: Divulgação.

O espetáculo tem direção musical do músico e historiador Cacá Machado, figurinos de Isadora Gallas, cenografia de Marcel Kaskeline, iluminação de Aline Santini, Visagismo de Luiz Parisi, dramaturgia de Vadim Nikitin e consultoria de José Miguel Wisnik. As apresentações seguem nos dias 16, 17,  22, 23, 24 e 25, às 20h. A exceção acontece no dia 18, quando começa mais cedo às 18h.

A produção não é autobiográfica, nem uma tentativa de retratar um momento histórico da vida do Caetano. Um Jeito de Corpo – Balé da Cidade Dança Caetano tem uma intensa liberdade poética. “Não estamos presos a nenhum pressuposto ou recorte histórico de sua carreira. Buscamos nas músicas de Caetano o que nos afeta e se relaciona com o momento que estamos vivendo. Criamos um grande ritual, incorporando e assimilando a poética de Caetano, transformando-a em nossa fala no corpo, do nosso jeito. As coreografias são o resultado desse exercício de devorar e ser o que se devora” afirma Morena Nascimento.

Para a trilha, algumas composições do artista foram sampleadas com o objetivo de criar novas peças musicais. Foto: Divulgação. 

O convite para este trabalho partiu do diretor artístico do Balé da Cidade de São Paulo, Ismael Ivo, que uniu duas de suas admirações no mesmo programa. “Sou um admirador do universo poético e musical do Caetano Veloso. O mesmo nível de admiração me relaciona com universo criativo do grande gênio da dança Pina Bausch. A Morena Nascimento tem suas origens e experiência no berço da famosa companhia da coreógrafa alemã. Mas muito além disso, possui um impressionante nível de presença corporal e expressão artística”, afirma.

Para Um Jeito de Corpo – Balé da Cidade Dança Caetano, a coreógrafa manteve o seu método de criação híbrido e se deixou guiar por sua inspiração nas músicas, no gestual do artista brasileiro e no elenco do Balé da Cidade de São Paulo, no qual ficou impressionada pelo vigor e entrega dos bailarinos. “Além das canções das quais me fascinam, gosto, particularmente, de observar o corpo de Caetano em movimento – quando canta, gesticula, responde uma entrevista. Para mim ele está o tempo todo dançando mesmo que não esteja. A gama gestual que o seu corpo nos apresenta é tão rica e me diz tanta coisa que quase não preciso ouvir as canções”, se diverte Morena.

A produção não é autobiográfica, nem uma tentativa de retratar um momento histórico da vida do Caetano. Foto: Divulgação.

A coreógrafa também se debruçou sobre as referências que estão em torno da arte e da vida do artista, passando pela dança de Maria Esther Stockler, os filmes de José Agripino, Frederico Felini, Almodóvar, Maria Betânia, Astor Piazzola, temas como  funk, grandes metrópoles, negritude, sexo e gênero, exílio, tropicália. Além disso, Morena se guiou por suas próprias relações afetivas com a Bahia, lugar onde freqüentou intensamente desde sua infância por ter um pai baiano.

A produção também se volta à cidade de Santo Amaro, na Bahia, terra natal de Caetano e referencia traços do cotidiano do artista que tanto o influenciaram antes dele se tornar famoso, como o rádio e as idas ao cinema.

Para a trilha, algumas composições do artista foram sampleadas com o objetivo de criar novas peças musicais. “Com a mesma liberdade que o artista criou, por exemplo, em seu disco experimental Araçá Azul, invadi suas canções cortando, recortando, alterando andamentos, picths, criando reversos, adicionando efeitos, incluindo samplers de outros artistas e gravações originais compostas por mim”, diz Cacá Machado responsável pela direção musical.

Caetano Veloso aprovou espetáculo do Balé da Cidade: 'Tem músicas minhas que eu nem lembrava'. Foto: Divulgação.

Caetano Veloso aprovou espetáculo do Balé da Cidade: ‘Tem músicas minhas que eu nem lembrava’. Foto: Divulgação.

Já a cenografia será assinada por Marcel Kaskeline que entrou em contato com a obra do Caetano pela primeira vez após o convite para o trabalho. “O modo específico dele parece mais a transformação em poesia. Tudo o que ele toca, seja tristeza, raiva, solidão, alegria, amor, torna-se poético”, explica.

O figurino de Isadora Gallas é inspirado nas composições, nos aspectos de cidade. As tonalidades neon vão fazer uma referência ao axé, os tons mais lavados referenciam as cores das casas do recôncavo baiano, onde está a cidade de Santo Amaro. “Tem transparência para que as cores se transformem em outras, seguindo a intensidade da luz no palco. Além disso, a modelagem foi pensada no projeto do cenário que usa vento. Por isso teremos roupas amplas para que o vento desenhe os corpos”, explica.

Serviço

Um Jeito de Corpo – Balé da Cidade Dança Caetano
Praça Ramos de Azevedo, s/ nº, Centro.
Telefone (11) 3397-0327.

Sexta 16/03 às 20h.
Sábado 17/03 às 20h.
Domingo 18/03 às 18h.
Quinta 22/03 às 20h.
Sexta 23/03 às 20h.
Sábado 24/03 às 20h.
Domingo 25/03 às 20h.

Duração: Aproximadamente 120 minutos.

Os ingressos para Um Jeito de Corpo – Balé da Cidade Dança Caetano variam de R$ 20 a R$ 80 e estão disponíveis na bilheteria do Theatro Municipal de São Paulo ou pelo site eventim.com.br

***
Da redação, com informações do Theatro Municipal.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.