Papa Francisco presenteia o Rio de Janeiro com escultura de Jesus sem-teto - São Paulo São

O Papa Francisco presenteou a Arquidiocese do Rio de Janeiro, representada pelo arcebispo, Cardeal Tempesta, com uma escultura chamada Jesus sem-teto. A obra é do artista canadense Timothy P. Schmalz, e possui exemplares em diversos locais do mundo, incluindo a Itália – a imagem se encontra na entrada da Elemosineria Apostólica, em Roma – e Estados Unidos.

Segundo o cônego Cláudio, a escultura ficará na Catedral Metropolitana, no Centro, e acessível ao público a partir do Dia Mundial dos Pobres, 18 de novembro.

A data não foi escolhida por acaso: Jesus sem-teto, uma estátua em tamanho real, é a figura de uma pessoa em situação de rua deitada em um banco. O ‘homem’ da imagem apresenta chagas nos pés, que podem ser vistas, apesar do pequeno cobertor que tem por cima de seu corpo para proteger do frio.

Quem intermediou a vinda da imagem foi a embaixada do Brasil junto à Santa Sé, juntamente com a Ordem do Santo Sepulcro.

Dia Mundial dos Pobres

Na Arquidiocese do Rio de Janeiro, foi programada uma semana de eventos relacionados ao Dia Mundial dos Pobres: celebração na Maré, painel sobre o cárcere feminino, encontro ecumênico, audiência pública, encontro com os bispos do Regional Leste 1, ação social na Cracolândia, manhã de catequese nos vicariatos, fórum sobre a Justiça Restaurativa e, no encerramento, uma manhã inteira de atividades na Catedral (veja ao lado a programação completa).

A estátua feita pelo artista canadense Timothy P. Schmalz mostra um homem de tamanho real deitado em um banco de praça. Foto: Rádio do Vaticano.A estátua feita pelo artista canadense Timothy P. Schmalz mostra um homem de tamanho real deitado em um banco de praça. Foto: Rádio do Vaticano.

O encerramento do Dia Mundial dos Pobres, no dia 18 de novembro, será realizado na Catedral de São Sebastião, no Centro.

“Mais uma vez, teremos a oportunidade de oferecer aos nossos irmãos que vivem em situação de rua, logo às 7h da manhã, um café da manhã. Tudo está sendo preparado pela equipe que trabalha há mais de 20 anos, todos os domingos, agora com a participação de novos membros. Vai ser um momento pastoral e social. Também vamos oferecer um banho digno, corte de cabelo, ação com relação à documentação, evangelização e missa”, explicou o pároco da Catedral, cônego Cláudio dos Santos.

Após a missa, o arcebispo do Rio, Cardeal Orani João Tempesta, irá conduzir a Oração do Ângelus em frente à estátua de Santa Teresa de Calcutá, e irá abençoar a escultura de Jesus sem-teto, que ficará na praça em frente à Catedral, do lado esquerdo (para quem olha da Catedral para a Avenida Chile).

Para concluir, Dom Orani oferecerá almoço para os irmãos em situação de rua.

“Vamos fazer acontecer esse gesto de solidariedade como demonstração do amor de Deus. Nós recebemos esse amor e o passamos adiante através do nosso gesto, que leva alegria ao coração dos pobres. Que possamos viver essa semana cada vez mais, vendo a figura de Cristo na pessoa do pobre”, disse o cônego Cláudio.

***
Com informações da Arquidiocese do Rio de Janeiro.



-->