Cidade de Nova York pretende proibir o uso de canudinhos de plástico

“Dependemos muito do plástico, e essa é uma tendência que temos que reverter imediatamente”, disse Rafael Espinal do Partido Democrata e autor do texto, que discutiu sua proposta de proibição em uma conferência de imprensa no extremo sul de Manhattan. “É importante que nova-iorquinos entendam que o canudinho não é uma necessidade, mas um luxo. Um luxo que está provocando grande impacto no meio ambiente”, ressaltou.

O conselheiro recomendou que as empresas da cidade de Nova York parem de fornecer automaticamente canudos de plástico em restaurantes e encomendas para viagem e, em vez disso, só os forneçam a pedido do cliente. Espinal também anunciou que mais de 130 restaurantes na cidade assinaram a campanha “Give a Sip”, que promove o uso de canudos feitos de alternativas ao plástico, incluindo papel biodegradável, bambu e metal.

A Wildlife Conservation Society (WCS) da cidade está liderando a campanha, que tem signatários incluindo museus, hotéis e restaurantes finos com estrelas Michelin. Notadamente ausentes da lista estão alguns dos principais culpados pelo uso dos canudinhos da cidade de Nova York: lanchonetes, bares de sucos e restaurantes fast-food.

John Calvelli, vice-presidente executivo de assuntos públicos da WCS, disse que os canudos de plástico são mortais para tartarugas, baleias, peixes e pássaros.

A proposta de proibição de Espinal segue um esforço fracassado do conselho da cidade para adicionar uma taxa de 5 centavos de dólares ao uso de sacolas plásticas e de papel. O governador de Nova York, Andrew Cuomo, disse que apoia a proibição de sacolas plásticas, mas não apresentou um plano para promulgar tal proibição, que já existe na Califórnia e no Havaí.

Se a iniciativa for promulgada como Lei, os restaurantes que continuarem a usar canudos ou agitadores de plástico serão notificados ​​e, em seguida, serão multados entre US$ 100 e US$ 400. Também serão feitas exceções para pessoas com deficiência ou condições médicas que exigem a utilização dos canudos.

Danos ambientais

Acredita-que que 8 milhões de toneladas de resíduos plásticos são despejadas por ano nos oceanos, criando colossais ilhas de detritos. Foto: Getty Images.

Um estudo recente estimou que existem cerca de 7,5 milhões de canudos de plástico espalhados nas praias dos Estados Unidos, em meio a 35 milhões de toneladas de poluição de plástico produzidos no mundo a cada ano, um quarto dos quais é despejado em rios, córregos e oceanos.

Os equipamentos de pesca e sacos plásticos geralmente causam danos mais generalizados à vida selvagem do que os canudos quando descartados no meio ambiente. No entanto, a natureza leve dos canudos torna os itens difíceis de reciclar, o que significa que eles se decompõem lentamente em microplásticos prejudiciais. Canudos inteiros também são capazes de causar danos, como evidenciado por um vídeo viral de 2015 que mostrou um deles espetado no nariz de uma tartaruga marinha.

Imagem:  Youtube / Reprodução.

“Poucas pessoas percebem que os canudos estão entre os 10 itens mais encontrados em limpezas de praia e podem causar muito dano a aves marinhas, tartarugas e outras criaturas marinhas”, segundo o For A Strawless Ocean, um grupo de apoio a campanha.

Alertas

Vários governos e empresas têm se mostrado preocupações com a poluição provocado por material plástico, reprimindo a utilização dos canudinhos. Nos EUA, as cidades da costa oeste de Seattle – seguindo uma campanha apelidada de “Strawless in Seattle” – e Malibu, perto de Los Angeles, declararam guerra aos canudos, enquanto proibições dos itens em todo o estado estão sendo consideradas na Califórnia e no Havaí.

Imagem: Reprodução.

A Alaska Airlines anunciou na segunda-feira que vai descontinuar os agitadores de plástico e os canudos do serviço de bordo da companhia. Em abril, o governo britânico anunciou planos para proibir canudos de plástico, juntamente com agitadores e cotonetes, no próximo ano. E o McDonald’s disse que seus clientes no Reino Unido terão que pedir canudos se quiserem e anunciou um teste com canudos de papel.

Leia também: 

***
Fonte: The New York Times (Inglês).

 

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.