Construtora começa obra de ciclovia na Avenida Pacaembu


A Avenida Pacaembu, próxima da Praça Charles Miller, na região oeste de São Paulo, entrou em obras nesta semana para receber uma ciclovia ao redor do canteiro central. Os trabalhos estão sendo feitos pela Think Construtora, que foi obrigada a arcar com a instalação das faixas vermelhas, uma de cada lado do canteiro, para que possa inaugurar em maio uma torre de 24 andares na Avenida Marquês de São Vicente, na Barra Funda, também na zona oeste. A previsão de entrega da ciclovia, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), é para daqui a 90 dias. 
 
A ideia de “terceirizar” as ciclovias serve tanto para reduzir os impactos que os veículos vão causar no trânsito da região como uma forma de a Prefeitura atingir sua promessa do plano de metas. O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), comprometeu-se a fazer 400 quilômetros de faixas para bicicletas até o fim da sua gestão e, até agora, entregou 260,4 km. 
 
Com aproximadamente 1,2 quilômetro de extensão, a via para bikes na Pacaembu vai da Praça Charles Miller até a Rua Candido Espinheira, interligando-se ao trecho da Rua Itápolis. Segundo a CET, a ciclovia será elevada em relação às faixas para carro e, por isso, outras intervenções serão feitas, como readequação de guias, reforma das sarjetas, troca das bocas de lobo e nova sinalização.
 
Zona sul. 

 
A decisão sobre o caso da Think Construtora foi publicada em 11 de setembro no Diário Oficial da Cidade. Nesta quarta-feira, 21, a Prefeitura voltou a determinar a transferência da construção de ciclovias para a iniciativa privada, agora para o Clube de Campo São Paulo, na Cidade Dutra, zona sul. O clube deverá fazer 2,5 km de faixas para bicicletas como compensação aos impactos no trânsito. Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, a infraestrutura deve estar pronta em 240 dias. 
 
A agremiação está localizada no reduto eleitoral do secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto (PT), área conhecida como “Tattolândia” entre os moradores da região e vereadores paulistanos. A pista para bikes vai ligar a Avenida Senador Teotônio Vilela, um dos viários mais importantes da região, e a Rua Frederico René de Jaegher. 
 
Além das faixas para bicicletas, o clube também será responsável pela instalação de uma rede semafórica. De acordo com O Diário Oficial, nove equipamentos das Avenidas Atlântica e Senador Teotônio Vilela serão substituídos por modelos novos. Os projetos da ciclovia e da sinalização serão fornecidos pela Companhia de Engenharia de Tráfego.
 
Mônica Reolom e Rafael Italiani – O Estado de S.Paulo.
 
 

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.