Colunistas - São Paulo São

São Paulo São Colunistas

Se você fosse escolher uma palavra para marcar o ano que passou, qual seria? Vacina? Vírus? Morte? Esperança? Aqui em Portugal, a chamada “Palavra do Ano” é anunciada nos primeiros dias de janeiro, como resultado de um levantamento que vem sendo feito desde 2009, como já escrevi pouco mais de um ano atrás. A iniciativa aponta aquela palavra que mais representou os últimos 365 dias, aquela que mais ficou na cabeça dos portugueses, a que mais foi procurada, falada, ouvida, pensada. E o resultado acaba de sair.

Assumir seus valores vai proporcionar maior clareza para as tomadas de decisão além de trazer melhores resultados na realização de seus desafios, seja no âmbito pessoal como no profissional. Foto: Chris Friel.Assumir seus valores vai proporcionar maior clareza para as tomadas de decisão além de trazer melhores resultados na realização de seus desafios, seja no âmbito pessoal como no profissional. Foto: Chris Friel.

A melhor maneira de começar o ano é sendo honesto com você mesmo.

No formato parecido com o que temos atualmente, o Bolo Rei, veio lá dos franceses, do período do reinado do Rei Sol, Luis XIV, apontam os registros. Foto: Evasões PT.No formato parecido com o que temos atualmente, o Bolo Rei, veio lá dos franceses, do período do reinado do Rei Sol, Luis XIV, apontam os registros. Foto: Evasões PT.

Portugal e doces. Doces e Portugal. Parece que não dá para falar de um sem pensar (ou salivar...) no outro. E por mais que os ovos ou as amêndoas estejam em praticamente todas as receitas, o cardápio de guloseimas é tão diverso quanto o número de cidades do país. Sim, sem exagero, a impressão é que cada pequena localidade tem o seu doce típico, a sua própria criação, suas lendas e tradições únicas. Incrível como a mistura de gemas de ovo, açúcar, frutas secas, canela e outros ingredientes pode formar tantas combinações diferentes.

A estátua de Mafalda em San Telmo, bairro de Buenos Aires. Foto: Mente Argentina. A estátua de Mafalda em San Telmo, bairro de Buenos Aires. Foto: Mente Argentina.

A morte do cartunista argentino Quino (Joaquín Salvador Lavado Tejón: Mendoza, 17 de julho de 1932 - 30 de setembro de 2020) em setembro último, trouxe uma pequena avalanche de lembranças nas redes sociais. São pessoas, como eu, que tomaram contato com suas historinhas e cartuns a em algum momento no passado e que prantearam juntas a perda de um símbolo de um período de nossas vidas.

A| professora e historiadora paranaense, Vivi Ferreira Mendonça que mantém o blog Vou de Bike e Salto Alto. Foto: Divulgação.A| professora e historiadora paranaense, Vivi Ferreira Mendonça que mantém o blog Vou de Bike e Salto Alto. Foto: Divulgação.

Você sabia que andar de bicicleta no dia a dia diminui em mais de 40% os riscos de câncer e problemas cardíacos? Uma revisão de 73 estudos publicados na National Library of Medicine, dos Estados Unidos, concluiu que mulheres ativas têm 25% menos chances de desenvolver câncer de mama do que as sedentárias. Por isso é tão importante incentivar a bicicleta nas políticas públicas, melhorando assim a saúde da população.

Imagem: Shutterstock.Imagem: Shutterstock.

Portugal é um país pequeno. Uma comparação recorrente, por exemplo, é com o tamanho de Pernambuco. O país inteiro é do tamanho do estado nordestino em vários critérios. São 92 mil km2 para os portugueses, contra 98 mil km2 para os pernambucanos. Pouco mais de 10 milhões de pessoas vivem em solo português, enquanto cerca de 9,3 milhões habitam as terras pernambucanas. A maior estrada portuguesa, a lendária EN102, que corta o país de norte a sul em pouco mais de 700 km, não conseguiria unir São Paulo a Vitória, no Espírito Santo, por exemplo.