Colunistas - São Paulo São

São Paulo São Colunistas

Fazia tempo que eu não comparecia a uma apresentação da Comunidade Samba da Vela na Casa de Cultura de Santo Amaro. Há anos o samba começa quando a vela é acesa e só termina quando ela se apaga. Mas o ritual, quase religioso, é apenas um ritual, pois na essência, o samba de raiz, sempre terá seu espaço, se depender dos fundadores da comunidade.

Ela se comunicava em qualquer idioma, até nos sonhos. É isto mesmo, uma ventríloqua dessa babel que é São Paulo. Quando menos pensava, tranchant – estava imitando o japonês da quitanda. Viajava para o Rio de Janeiro e voltava cheia de essix, errix e xiix na língua trançada; e quando foi para o sul, no Paraná, ficou a própria “leiteequeentee”.

Ao ler a matéria de Otávio Janecke, publicitário que se tornou galã plus size e que, a princípio, se incomodou com a indagação se queria ser fotografado, por achar que havia sido chamado de gordo, lembrei de minha estreia – primeira e única – como fofa posando para foto de moda.

APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio