A ‘Morada do coração perdido‘ - São Paulo São

Caminhando pela Barra Funda, cheguei a casa em que residiu Mário de Andrade.

Tombada pelo patrimônio histórico, e transformada em Oficina Cultural, a Casa Mário de Andrade, “Morada do coração perdido”, segundo definição do próprio, é um espaço público, aberto à visitação e acessível a qualquer pessoa que queira mergulhar na vida e na obra de um dos mais importantes e influentes artistas brasileiros.

Na entrada da Casa uma gigantesca silhueta/estátua de Mário, em chapa de metal, com sete metros de altura e 300 quilos de peso. Foto: Du Amorim.Na entrada da Casa uma gigantesca silhueta/estátua de Mário, em chapa de metal, com sete metros de altura e 300 quilos de peso. Foto: Du Amorim.Ao adentrar o quintal do sobrado situado da Rua Lopes Chaves, somos recepcionados pelo Mário em forma de escultura de tamanho real, como se ele com o inconfundível chapéu, estivesse a nos aguardar. A arte foi feita por artesãos a partir de um desenho de Mário da artista norte-americana Beatrix Scherman, datado de 1922/1923, e que faz parte do acervo do IEB. 
Em quatro salas, é possível visitar a exposição permanente “Morada do coração perdido”, que conta com objetos pessoais do artista. Foto: Du Amorim. Em quatro salas, é possível visitar a exposição permanente “Morada do coração perdido”, que conta com objetos pessoais do artista. Foto: Du Amorim. Visitar a casa do Mário de Andrade é um passeio pelo passado vivo. Móveis, documentos; um piano, livros, fotografias, desenhos, pinturas, tudo está organizado nos diversos cômodos do imóvel, a fim de permitir que conheçamos mais de perto as suas distintas facetas e talentos.

Além das oficinas regulares, o espaço localizado na Barra Funda oferece aos visitantes um teor museológico. Foto: Du Amorim.Além das oficinas regulares, o espaço localizado na Barra Funda oferece aos visitantes um teor museológico. Foto: Du Amorim.

Em quatro salas, é possível visitar a exposição permanente “Morada do coração perdido”, que conta com objetos pessoais do artista, entre cartas inéditas e curiosidades como o óculos, pasta de couro, suporte de mata-borrão e espátula.

Percorrendo a casa é como se Mário estivesse lá o tempo todo. Foto: Du Amorim.Percorrendo a casa é como se Mário estivesse lá o tempo todo. Foto: Du Amorim.

O espaço abriga exposição que contempla a existência de um dos maiores escritores brasileiros do século XX. Foto: Du Amorim. O espaço abriga exposição que contempla a existência de um dos maiores escritores brasileiros do século XX. Foto: Du Amorim.

Recomendo utilizar os serviços da competente equipe de monitores, porque assim teremos acesso a dados verdadeiros da vida do grande poeta modernista, que também exerceu atividades de professor de piano, ensaísta, pesquisador da música popular brasileira, e fotógrafo. Seu romance “Macunaíma”, lançado em 1928 e de enorme repercussão, ganhou adaptações para o teatro e o cinema.

Com habilidade em design de moda, confeccionou algumas de suas roupas. Deixou um acervo de livros com mais de 17.000 títulos, e participou intensamente do movimento modernista de 1922 em São Paulo.

Detalhes da vida e produção de Mário de Andrade podem ser consultados num museu virtual que complementa a exposição física permanente.  Detalhes da vida e produção de Mário de Andrade podem ser consultados num museu virtual que complementa a exposição física permanente.

Percorrendo a casa é como se ele estivesse lá o tempo todo. E está mesmo, porque a vida dele e de nós todos é eterna. Por aqui, fico. Até a próxima.

Serviço

Oficina Cultural Casa Mário de Andrade
Rua Lopes Chaves, 546, Barra Funda, São Paulo.
Visitas educativas agendadas: [email protected]oficinasculturais.org.br
Tel. 11 – 3666-5803, ramal 23.
Conheça a Mário de Andrade: oficinasculturais.org.br/mariodeandrade

***
Leno F. Silva é diretor da LENOorb - Negócios para um mundo em transformação e conselheiro do Museu Afro Brasil. Escreve às terças-feiras no São Paulo São.

 



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio