Outros - São Paulo São

São Paulo São Outros

Símbolo de maturidade, status e autonomia desde que chegou ao Brasil, em 1891, o automóvel vem perdendo espaço entre os mais jovens. Identificada pelos governos, setor automotivo e por autoescolas, o crescente desinteresse dos jovens tem diversas causas. Entre os principais motivos apontados, estão a crise econômica, os inconvenientes do trânsito, os custos para manter um veículo próprio e a popularização de aplicativos móveis.

Escavação no Sítio Morrinhos. Foto: Centro de Arqueologia de São Paulo.Escavação no Sítio Morrinhos. Foto: Centro de Arqueologia de São Paulo.

A arqueologia urbana tem complicações diversas. Muitas pesquisas de arqueologia bíblica são empacadas pela impossibilidade de escavar em baixo de grandes edifícios religiosos da cidade de Jerusalém, ao mesmo tempo em que até hoje não se sabe a localidade da antiga capital da Acádia, pois o principal palpite é de baixo da atual Bagdá, que complica as escavações para averiguações. O fato das cidades ocuparem de maneira muito mais densa e o costume de endurecimento do solo pelo asfalto fazem do trabalho de prospecção mais complicado -- embora necessário para importantes descobertas.

Numa pequena aldeia, havia uma pequena casa. Nesta casa morava uma velhinha. Ela criava uma galinha e um coelho. A galinha tinha seu ninho embaixo da escada e lá botava seus ovos. O coelho vivia solto pelo gramado que circundava a casa. A galinha cacarejava toda vez que botava um ovo, e a velhinha corria para recolher o ovo que a galinha botava e a alimentava com boa comida.

Basílica de Nossa Senhora da Conceição precisa de R$ 31 milhões para restaurar acervo artístico de um século. Foto: Arquidiocese de São Paulo.Basílica de Nossa Senhora da Conceição precisa de R$ 31 milhões para restaurar acervo artístico de um século. Foto: Arquidiocese de São Paulo.

Quando o sino principal da Basílica Nossa Senhora da Conceição baladou pela última vez, a igreja que encabeça a rua Santa Ifigênia ainda conseguia ser uma das construções mais imponentes do centro histórico de São Paulo. O secretário paroquial Paulo Fernandes não sabe precisar quando isso ocorreu, mas estima que tenha sido na década de 1980, em um processo de degradação que começou quando o templo entregou o título de catedral da cidade para a famosa igreja da Sé, também na região central, 30 anos antes.

"Entre as intervenções para a melhora da mobilidade urbana, estão a troca de 12 estações tubo ao longo da linha Inter 2. Imagem: reprodução / Ippcu."Entre as intervenções para a melhora da mobilidade urbana, estão a troca de 12 estações tubo ao longo da linha Inter 2. Imagem: reprodução / Ippcu.

As famosas estações-tubo de Curitiba, ícones do desenvolvimento urbano da capital paranaense nos anos 1990, serão substituídas por um modelo mais novo. A meta da Prefeitura e do Ippuc - Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba é substituir doze destas estruturas ao longo da linha Inter 2 de ônibus.

A substituição dos equipamentos não tem data definida para acontecer; segundo o Ippuc, a prefeitura buscará um "financiamento de R$ 507 milhões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para revitalizar toda a linha do Inter 2 e melhorar a mobilidade da cidade".

Imagem: reprodução / Ippcu.Imagem: reprodução / Ippcu.

As estações-tubo já fazem parte do imaginário da população de Curitiba e são imediatamente associadas à eficiência dos sistemas de transporte - aspecto exaustivamente frisado pelas administrações municipais nas últimas duas décadas. Sobre a mudança das estações, Olga Prestes, da Coordenação de Mobilidade da Supervisão de Planejamento do Ippuc, comenta: "Não pretendemos substituir as estações em outras linhas. O que pretendemos é, ao fazer linhas novas, implantar as novas estações. Mas simplesmente substituir não faz parte do plano."

Nestas imagens, Assad mostra como ficaria a nova versão da estação-tubo requalificada aplicada à paisagem real de Curitiba. Neste caso, na Travessa Nestor de Castro, no centro da cidade. Imagem: Arquivo/Abrão Assad.Nestas imagens, Assad mostra como ficaria a nova versão da estação-tubo requalificada aplicada à paisagem real de Curitiba. Neste caso, na Travessa Nestor de Castro, no centro da cidade. Imagem: Arquivo/Abrão Assad.

O desenho das estações foi desenvolvido pelo arquiteto Abrão Assad, que defende a autonomia da Prefeitura em propor novos modelos para a cidade. Mas também alerta: “Como o Jaime Lerner costuma dizer: não se rasga uma fotografia de família. E ao se desfazer das estações-tubo, um símbolo da cidade, ele terá que prestar contas à sociedade e à história”, sentencia. “As estações fazem parte da paisagem da cidade e esse novo conceito vai criar uma ruptura na linguagem.

Imagem: reprodução / Ippcu.Imagem: reprodução / Ippcu.

Segundo o Ippuc, os novos modelos serão totalmente fechados, climatizados e energicamente autônomos por meio de placas fotovoltaicas.

***
Fonte: Haus.

 

Livro aborda o significado histórico de brinquedos de metal produzidos pela empresa Metalma – Metalúrgica Matarazzo – Foto: Reprodução/Fonte: livro Brinquedos de Lata Metalma – Objetos da Infância na Industrialização Paulistana, 1930-1950Livro aborda o significado histórico de brinquedos de metal produzidos pela empresa Metalma – Metalúrgica Matarazzo – Foto: Reprodução/Fonte: livro Brinquedos de Lata Metalma – Objetos da Infância na Industrialização Paulistana, 1930-1950

Para o historiador holandês Johan Huizinga (1872-1945), o jogo e a brincadeira são inerentes ao ser humano, anteriores mesmo à cultura. Por isso, a própria cultura carrega um caráter lúdico, que reveste diversas esferas da vida. Em algumas delas, esse caráter pode surgir escondido ou soterrado por outras leituras, como no direito ou na religião. Em outras, é explícito e incontestável.