Outros - São Paulo São

São Paulo São Outros

O Movimento Ocupe Estelita, contrário ao Projeto Novo Recife. Foto: Divulgação.O Movimento Ocupe Estelita, contrário ao Projeto Novo Recife. Foto: Divulgação.

Nos últimos anos, vários movimentos Brasil afora e em diversos países fizeram grande serviço à sociedade reiterando a necessidade de ocupar os espaços públicos das cidades de forma a reivindicar qualidade e liberdade de uso para os bens coletivos. Como exemplo, temos no Brasil o Movimento Ocupe Estelita  no Recife que, por meio de uma luta frente à crescente especulação imobiliária na região, confrontou as intenções mercadológicas do desenho urbano agressivo nas margens do Capibaribe. Foi a partir de alguns casos como esse que, em entrevista à organização Fora, o professor, crítico e curador Guilherme Wisnik tratou da questão do espaço público enquanto espaço de conflito.

"Dobra do corpo", performance do Fora. Foto: Reprodução / Facebook."Dobra do corpo", performance do Fora. Foto: Reprodução / Facebook.

Em tempos de ruas abarrotadas de pessoas e máquinas, discussões quase bélicas entre cicloativistas e motoristas de ocasião, omissão estatal em relação ao transporte coletivo e jogos de adivinhação sobre o futuro da mobilidade, por vezes esquecemos de revisitar nossa própria história para descobrir os elementos e eventos do passado que definiram o mundo moderno. Onde tudo deu errado? Como poderíamos ter feito diferente?